Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Após atrito durante Mundial, Ganso deve discutir renovação em 2012

Após anunciar durante a estadia do Santos no Japão a venda de 10% dos seus direitos econômicos ao grupo DIS, inimigo ferrenho da atual direção do Peixe, o meia Paulo Henrique Ganso deve voltar a discutir a sua situação no clube no próximo ano. A ideia é que o camisa 10 e a cúpula santista se reúnam no início de 2012 para que, enfim, o assunto seja resolvido.

A negociação desse percentual de seus direitos aos investidores do DIS causou um mal estar entre os dirigentes alvinegros. Por isso, depois da participação do time da Vila Belmiro no Mundial, Ganso procurou minimizar o clima ruim.

Com alguns detalhes da proposta do Santos em mãos, o meia se mostrou tranquilo quanto a sua permanência no clube, após a derrota para o Barcelona (Espanha), na decisão do Mundial. ‘Fico no Santos em 2012. Tenho contrato longo com o clube e estou muito feliz aqui’, disse Paulo Henrique Ganso, em entrevista ao Sportv.

A estratégia do Peixe para chegar a um acordo com Ganso deve ser parecida com a que foi utilizada na última renovação contratual de Neymar. O vínculo do maestro santista deve ser reduzido e, com um plano de carreira, os seus vencimentos mensais devem ser aumentados.

Entretanto, a diferença básica é que, se por um lado Neymar teve o valor de sua multa rescisória ampliada, Paulo Henrique Ganso pretende que a quantia de sua multa seja reduzida, a fim de favorecer uma possível transferência para a Europa no futuro.