Clique e assine a partir de 9,90/mês

Algoz da seleção em 2010 elogia futebol brasileiro e vê chave difícil

Por Da Redação - 31 jul 2011, 10h07

Do banco de reservas, o técnico Bert van Marwijk viu Arjen Robben e Wesley Sneijder comandarem a vitória da Holanda sobre o Brasil nas quartas de final da Copa de 2010. Após o sorteio das Eliminatórias para o Mundial de 2014, o treinador elogiou o futebol nacional e projetou uma missão difícil para a Holanda na seletiva.

‘Talvez o Brasil tenha tido a melhor seleção de todos os tempos. Eles ganharam a Copa cinco vezes, têm uma população de 190 milhões de pessoas e muitos bons jogadores. Acho que é um dos melhores países para organizar a Copa do Mundo’, declarou van Marwijk.

O comandante veio ao Brasil recentemente duas vezes. No começo de junho, a Holanda empatou com a seleção por 0 a 0 em jogo disputado no Estádio Serra Dourada e foi vaiada. De volta ao país para o sorteio, desta vez no Rio de Janeiro, o holandês destacou a relação dos torcedores com o futebol.

‘O Brasil é um país que realmente respira futebol e eu gosto disso. Já fiquei aqui por algumas semanas, estou aqui agora e, pelo que vi, tenho certeza de que vão organizar a Copa do Mundo muito bem’, declarou a atual vice-campeão mundial.

A Holanda caiu no Grupo D das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014 ao lado de Andorra, Estônia, Romênia, Hungria e Turquia. Bert van Marwijk preferiu não esmiuçar seus rivais diante da imprensa e elegeu os três últimos como os mais difíceis.

‘Romênia, Hungria e Turquia também têm história no futebol. Nada é fácil nesse momento. Não posso ficar triste nem feliz com o sorteio de um grupo. Nós temos que jogar e ver o que acontece’, declarou o comandante.

Van Marwijk ainda previu um embate equilibrado entre Espanha e França, que formam o Grupo I ao lado de Finlândia, Geórgia e Bielo-Rússia. ‘Eu não sei, acho que a Espanha tem mais chances, mas a França está indo muito bem nesse momento. Eu diria que está 50% para cada lado’, encerrou.

Continua após a publicidade
Publicidade