Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Thiaguinho demite funcionário que feriu cão com bomba

Por Da Redação - 1 jul 2012, 19h46

Por Equipe AE

Campinas – Uma cadela ficou gravemente ferida após um integrante da equipe do cantor Thiaguinho jogar uma bomba na frente do hotel Nacional Inn, em Campinas (SP), de dentro de uma van. O artefato foi atirado quando parte da banda deixava o hotel na tarde de sábado para fazer um show na cidade vizinha de Sumaré. A bomba explodiu dentro da boca do animal.

O caso foi registrado como maus-tratos a animais, no 5º Distrito Policial. O nome do membro da equipe não foi divulgado. O delegado Antônio Eriberto Piva informou que o caso será investigado pela Delegacia de Proteção aos Animais de Campinas.

Segundo a entidade que recolheu a cadela ferida, a vira-lata, que era mascote dos taxistas do hotel, quebrou o maxilar, dentes e estourou o tímpano, além de ter sofrido várias queimaduras.

Publicidade

Neste domingo, o cantor Thiaguinho, que não estava no hotel com a equipe, informou por meio de um site de rede social na internet que havia sido surpreendido pela notícia do envolvimento de seu funcionário em episódio de maus-tratos contra animais.

Horas depois, foi divulgado em nota que o funcionário da equipe tinha “o intuito de comemorar as festas junina e julina”. O texto também dizia que ele havia sido demitido e que seria dado todo atendimento necessário para o animal. Na nota, o cantor informou ainda que pensa em adotar o cão, caso ele não tenha dono.

Publicidade