Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Morre Carlo Rambaldi, o homem que deu forma a Alien, King Kong e E.T.

Italiano responsável pela confecção dos personagens era considerado um 'mago dos efeitos especiais'

O italiano Carlo Rambaldi, artista que confeccionou personagens do cinema como King Kong, Alien e E.T. morreu nesta sexta-feira, aos 86 anos, em Lamezia Terme (Calábria, sul da Itália), anunciou o assessor da Cultura da Calábria, Mario Caligiuri. Vencedor de três Oscar pelos personagens, Rambaldi era considerado “o mago dos efeitos especiais”.

Nascido em 15 de setembro de 1925 em Vigarano Mainarda, perto de Ferrara, no nordeste da Itália, Carlo Rambaldi se formou na Academia de Belas Artes da Bolonha, onde começou a trabalhar com cinema na década de 1950, ao criar um dragão gigante de 16 metros para o filme Sigfrido, de Giacomo Gentilomo. Depois, colaborou com renomados cineastas italianos, entre eles Mario Monicelli, Marco Ferreri, Pier Paolo Pasolini e Dario Argento.

Rambaldi também trabalhou para grandes produções de Hollywood, combinando eletrônica com mecânica para criar personagens inesquecíveis como o gorila gigante King Kong, do filme de John Guillermin (1976) e Alien, do filme homônimo de Ridley Scott (1979).

Em 1982, criou um de seus personagens mais conhecidos, E.T, o Extraterrestre, protagonista do filme de Steven Spielberg, que comoveu o mundo com sua ternura. Também colaborou em vários filmes de sucesso como Contatos Imediatos do Terceiro Grau (1977), de Steven Spielberg, e Duna (1984), de David Lynch.

O criador e produtor J.J. Abrams chegou a prestar uma homenagem a Carlo Rambaldi no seriado Alias-Codinome Perigo, batizando com seu nome um misterioso personagem, Milo Rambaldi, uma espécie de gênio contemporâneo de Leonardo da Vinci que era fundamental para a condução da trama.

(Com agência France-Presse)