Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Iñárritu vai presidir o júri do Festival de Cannes deste ano

Em 2006, cineasta ganhou prêmio de melhor diretor na mostra francesa por 'Babel' e em 2010 'Biutiful' rendeu o prêmio de melhor ator a Javier Bardem

O cineasta Alejandro González Iñárritu presidirá o júri do próximo Festival de Cannes, em maio. O diretor será o primeiro mexicano a assumir o cargo.“Eu me sinto honrado e feliz de voltar este ano, e imensamente orgulhoso de presidir o júri. O cinema corre nas veias do planeta, e este festival é o seu coração”, disse ele, que venceu o prêmio de melhor diretor em Cannes por Babel em 2006, e Biutiful, também dele, valeu o prêmio de melhor ator a Javier Bardem, quatro anos depois.

“Mediante a presença do diretor de Babel, o Festival celebrará todo o cinema mexicano”, disse a organização de Cannes em comunicado eviado nesta quarta-feira, 27, à imprensa. A notícia chega três dias depois de Alfonso Cuarón receber três troféus do Oscar por Roma (melhor fotografia, filme estrangeiro e diretor), atestando o bom momento do cinema mexicano. Até esta edição da premiação de Hollywood, nenhum filme mexicano havia levado a estatueta de melhor estrangeiro. Iñárritu, que tem 55 anos, substitui Cate Branchet, presidente do júri da mostra francesa em 2018.

O cineasta é um dos mexicanos recentemente consagrados por Hollywood, tendo vencido dois Oscars de melhor diretor de modo consecutivo, em 2015 e 2016, respectivamente por Birdman e O Regresso. Em Cannes, Iñárritu se destacou pela primeira vez em 2000. Seu primeiro longa, Amores Brutos, foi a grande sensação na Semana da Crítica do festival daquele ano.