Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ellen Oléria vence ‘The Voice Brasil’

Cantora do time de Carlinhos Brown vai ganhar um contrato com a Universal Music e subir no palco do réveillon de Copacabana; segunda edição do programa está confirmada para 2013

Ellen Oléria é a grande campeã do ‘The Voice Brasil‘. Ela venceu a escolha do público, com 39% dos mais de 10 milhões de votos computados, segundo a TV Globo. Além de um contrato com a Universal Music, ela leva um carro, 500.000 reais em dinheiro e sobe ao palco do réveillon de Copacabana, ao lado da Claudia Leitte. Pouco antes de anunciar a ganhadora, o apresentador Thiago Leifert confirmou a segunda temporada do reality, que começa em julho de 2013. As inscrições já estão abertas no site do programa (www.globo.com/thevoicebrasil).

Leia também:

Leia também: ‘The Voice Brasil’: Enfim, um reality em que a estrela é a música

Esta final começou com oito vozes, duas de cada time. Após as apresentações, coube aos técnicos escolher quem disputaria a preferência do público. Restaram quatro mulheres, todas que haviam vencido o voto popular no programa anterior – o que pode indicar uma estratégia dos técnicos para saírem também vencedores da disputa. Carlinhos Brown, que sempre chamou Lulu Santos de estrategista, admitiu também ter jogado durante toda a competição.

Lulu foi o primeiro a decidir e ficou com Maria Cristina, que disputava a vaga com Késia Estácio. A ex-participante do Ídolos, da Record, venceu a preferência do público todas as vezes que se apresentou, e era originalmente do time de Carlinhos Brown. Em uma batalha com Ellen Oléria, perdeu e foi resgatada por Lulu. Ao justificar a escolha, o técnico disse que agiria com a cabeça e não com o coração, levando em consideração a popularidade. “Maria Cristina construiu uma grande corrente de aceitação em torno dela nesse tempo de programa.”

Daniel tinha a missão de escolher entre Danilo Diba – o único homem na final – e Liah Soares. Ficou com a segunda opção, deixando que a escolha, dessa vez, não seria feita somente com o coração – mantra que repetiu ao longo de todo o programa. “Liah é completa e uma das cantoras mais versáteis que vi passando por esse palco”, comentou.

Thalita e Ju Moraes eram as vozes de Claudia Leitte, que escolheu a segunda, dizendo que avaliaria todo o ciclo e não apenas a apresentação deste domingo. “Eu estou muito certa, porque sei que a pessoa que vou escolher sabe exatamente o que quer. E a outra está em um processo de conhecimento muito lindo”, falou, antes de optar pela bela morena de olhos claros.

Carlinhos Brown foi deixado por último. O mais enrolador dos quatro técnicos na hora da decisão tinha em seu time Ludmillah Anjos e Ellen Oléria, uma das competidoras mais populares e que levou a preferência do tutor. “Hoje foi o dia mais fácil para nós, porque nosso trabalho foi feito”, disse, escolhendo Ellen, depois de ouvir pela última vez o som do berimbau – o toque de impaciência do diretor Boninho, que indica que o tempo dele estava esgotado.

Saiba mais:

Saiba mais: Apesar do ‘The Voice Brasil’, Daniel não desiste do Teleton

O programa – Três meses atrás, eram 48 participantes, doze em cada equipe, selecionados em audições às cegas. Na segunda etapa, dois de cada time se enfrentaram em batalhas, o que reduziu o número de concorrentes quase pela metade – já que os técnicos ganharam o poder de resgatar três eliminados dos outros grupos. Nas apresentações ao vivo, e individuais, o público passou a dividir com os tutores a responsabilidade de escolher quem continuaria.

A decisão final também saiu no voto popular. Mesmo assim, não há como garantir o sucesso. Afinal, é infindável a lista de nomes que saíram vencedores de um reality show musical e caíram no esquecimento – como também a de concorrentes eliminados mas que despontaram para o sucesso. A própria Globo viu sair do extinto Fama, por exemplo, ídolos como Thiaguinho e Roberta Sá, que perderam para um tal de Marcus Vinícius de quem ninguém mais ouviu falar.