Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

David Bowie é eleito o britânico mais bem vestido da história

Concorriam ao posto de mais bem vestido o rei Henrique III, o político Charles James Fox, Samuel Pepys, Anne Messel e a rainha Alexandra, consorte do rei Eduardo VII

Por Da Redação - 15 out 2013, 22h04

O camaleônico cantor inglês David Bowie foi eleito o “britânico mais bem vestido da história”, segundo uma pesquisa divulgada nesta terça-feira na revista BBC History Magazine. O veterano músico de 66 anos, autor de clássicos como Fashion e Fame, foi eleito por especialistas da indústria da moda e estudiosos que elaboraram a lista, votada pelos leitores da publicação. Bowie, que tem como estilista Wayne Hemingway, alcançou o primeiro lugar com 48,5% dos votos, graças a seu estilo e seu impacto na moda inglesa.

Na lista também estão a rainha Isabel I, Georgiana Cavendish (duquesa de Devonshire) e George Bryan Brummell, que é conhecido como Beau Brummell e que foi o árbitro do Regency England. Concorriam ao posto de mais bem vestido o rei Henrique III, o político Charles James Fox, Samuel Pepys, Anne Messel e a rainha Alexandra, consorte do rei Eduardo VII.

“David Bowie recebeu muitos reconhecimentos ao longo de sua bem-sucedida carreira, mas nenhum se compara a ser escolhido o britânico mais bem vestido de todos os tempos”, valorizou o diretor da revista, Rob Attar.

Este foi um ano particularmente bom para David Bowie. O artista teve uma exposição montada no The Victoria and Albert Museum, em Londres, e pôs fim ao jejum musical ao lançar, em março, seu primeiro álbum em dez anos, The Next Day. David Bowie Is, nome da mostra, expôs 300 objetos, incluindo letras manuscritas, figurinos originais, fotografias, filmes, vídeos de músicas, cenografias e instrumentos.

Publicidade

Já o disco chegou, logo na primeira semana, ao primeiro lugar nas vendas e foi comparado a outros cultuados trabalhos de Bowie, como Lodger (1979) e Scary Monsters (1980).

(Com agência EFE)

Publicidade