Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cantor Latino chora e pede ajuda para encontrar seu macaco

Twelves, animal de estimação do músico, desapareceu na Barra da Tijuca. “Quem tem bicho de estimação sabe da dor que eu estou passando. É meu filho"

O cantor Latino usou seu perfil no Instagram neste sábado (8) para fazer um apelo emocionado a seus seguidores. O músico revelou que seu macaco de estimação, Twelves, desapareceu de sua casa na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio, e pediu ajuda para tentar encontrar o animal.

No vídeo, Latino conta que chegou dos Estados Unidos e colocou Twelves, de quatro anos, em sua casinha. Logo depois, o animal desapareceu. “Ele fugiu, só Deus sabe para onde”, relata o cantor, aos prantos.

Segundo Latino, a última vez que Twelves foi visto foi em um condomínio que faz divisa com o Bosque da Barra. “Quem tem bicho de estimação sabe da dor que eu estou passando.É meu filho, ajude-me a recuperar ele, por favor”, apela.

Meu filho que não fala, mas entende tudo. 🤣🤣🤣 @macacotwelves 🙈

Uma publicação compartilhada por LATINO 🇧🇷🕺🏼 (@latino) em

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Jorge Petrola Ferreira

    Na boa, para um camarada que tem 8 filhos, tá chorando demais por conta de um macaco…

    Curtir

  2. Alex Sandro Silva

    Segundo a etologia, os cãozinhos , ou os homens-meninos, vivem latinDo por bobagens, só para chamarem a atenção dos adultos.

    Curtir

  3. Alex Sandro Silva

    Sábio, o macaco🐒; parou de “pagar mico” ficando com esse veadinho e foi atrás de uma namorada.

    Curtir

  4. Jonas Prates

    Bixa corona!
    Sentido falta das unhas do tal macaco nas costas os twelve cm!

    Curtir

  5. Marcos Felipe

    O macaco não aguentou mais as péssimas músicas do latino, e foi embora.

    Curtir

  6. Álvaro Ferreira

    Tomara que encontré logo. Quem tem animal de estimação sabe que a idéia de perde-lo é triste. Boa sorte Latino.

    Curtir

  7. Convenhamos. O pobre primata tem duas gigantescas razões para fugir:
    Voltar para seu habitat natural e livrar-se do martírio de ter que suportar aquelas musiquinhas insuportáveis e sem graça.
    Vá com Deus, bichinho…

    Curtir