Clique e assine com até 92% de desconto

Em 147º lugar, USP é melhor latino-americana em ranking chinês

Levantamento é acompanhado por acadêmicos, mas também tem sido alvo de críticas, por concentrar avaliação em ciências exatas

Por Da Redação 15 ago 2013, 13h44

A Universidade de São Paulo (USP) é a instituição latino-americana mais bem colocada do levantamento Academic Ranking of World Universities (ARWU), lista elaborada pela Universidade Jiao Tong, de Xangai, na China. A USP aparece na 147ª posição, à frente da Universidade Autônoma do México (164º) e da Universidade de Buenos Aires (176ª).

Leia mais:

Unicamp é única brasileira no mais respeitado ranking de ‘universidades jovens’

USP segue entre universidades com melhor reputação do mundo

USP e Unicamp são estrelas brasileiras solitárias no mais importante ranking de universidades do mundo

O ranking confirmou a supremacia dos Estados Unidos, com Harvard, Stanford e Berkeley nas primeiras colocações. A exemplo do que ocorreu em 2012, das vinte primeiras classificadas, dezessete são americanas.

Continua após a publicidade

Atrás das três primeiras, aparecem o Massachusetts Institute of Technology (MIT), na quarta posição, e a universidade britânica de Cambridge, primeiro centro não americano no ranking, ocupando o quinto lugar.

O índice de Xangai, estabelecido em 2003, é acompanhado por acadêmicos do mundo todo. Mas ele também desperta críticas. Isso porque se concentra na pesquisa de ciências exatas em detrimento de outras áreas da atividade acadêmica.

Entre os critérios utilizados encontra-se o número de prêmios Nobel obtidos por seus antigos alunos ou pesquisadores, o número de medalhas Fields (equivalentes ao Nobel em matemática), assim como o número de artigos publicados em revisas exclusivamente anglo-saxãs, como Nature e Science.

A Grã-Bretanha conserva dois centros entre as dez primeiras colocadas: Cambridge, em 5º, e Oxford, em 10º. O University College of London, classificado na 21ª posição no ano passado, perdeu dois lugares, enquanto a Escola Politécnica Federal de Zurique entra pela primeira vez nas vinte primeiras posições (23º no ano passado).

Entre as 500 melhores universidades do mundo, 146 são dos Estados Unidos (quatro a menos em comparação com 2012), 37 da Grã-Bretanha (uma a menos que no ano passado) e 37 da Alemanha, seguida pela China, com 34.

(Com Agência AFP)

Continua após a publicidade
Publicidade