Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Rolling Stones divulgam música inédita gravada em 1974 com Jimmy Page

A faixa 'Scarlet' foi gravada no porão de Ronnie Wood após a abrupta saída de Mick Taylor da banda, e nunca havia sido lançada

Por Felipe Branco Cruz Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 22 jul 2020, 21h38 - Publicado em 22 jul 2020, 17h21

Os Rolling Stones surpreenderam os fãs nesta quarta-feira, 22, com a divulgação de uma pérola, a música inédita Scarlet, gravada em outubro de 1974 com a participação de Jimmy Page, do Led Zeppelin, na guitarra. Embora registrada um ano depois do lançamento do álbum Goats Head Soup, de 1973, a faixa será incluída em uma versão especial do disco, que será relançado em 4 de setembro em CD e vinil.

Os detalhes da gravação são saborosos e nunca foram contados. Na época, os Rolling Stones buscavam um novo guitarrista para o grupo, após a abrupta saída de Mick Taylor. A música foi gravada no porão da casa de Ronnie Wood, que ainda não fazia oficialmente parte dos Stones, mas emprestava o espaço para várias bandas tocarem por lá.

ASSINE VEJA

Crise da desigualdade social: a busca pelo equilíbrio Leia nesta edição: Como a pandemia ampliou o abismo entre ricos e pobres no Brasil. E mais: entrevista exclusiva com Pazuello, ministro interino da Saúde ()
Clique e Assine

Dos Rolling Stones, participaram da gravação Mick Jagger nos vocais e Keith Richards na guitarra. Wood não tocou, mas foi o responsável por convidar Jimmy Page para participar. Também tocaram na faixa o baixista Rick Grech, do Blind Faith, o tecladista Ian Stewart e um engenheiro de som na bateria. O resultado é um amálgama quase perfeito. A faixa soa como os Rolling Stones, mas tem a base do Led Zeppelin. “Cheguei cedo naquela noite e consegui fazer algumas tomadas imediatamente. Pareceu bom para mim e fui embora”, lembrou Page em suas redes sociais. “É uma aparição minha ultra-rara fora do Led Zeppelin nos anos 70”, completou.

O encontro é descrito por Keith Richards como uma coincidência. “Minha lembrança é de que chegamos no fim de uma sessão do Zeppelin. Eles estavam saindo e o próximo horário estava reservado para nós. Acho que Jimmy decidiu ficar. Nós não iríamos gravar essa faixa, era basicamente uma demo só para esquentar os motores, mas o resultado ficou muito bom, com uma escalação incrível”, disse o guitarrista. “Contagiante e atrevida quanto qualquer coisa que a banda fez nesta era sagrada, um santo graal para qualquer devoto dos Stones”, completa a banda em comunicado.

Os motivos para o não lançamento da música na época não foram revelados. O fato é que ela ficou guardada durante todos esses anos. Só recentemente que Jagger avisou Page que pretendia lançá-la em uma edição especial. Vale lembrar que outros integrantes do Led Zeppelin já tocaram com os Stones. John Paul Jones, por exemplo, fez os arranjos de corda em She’s a Rainbow. O próprio Jimmy Page participa da trilha sonora do filme A Degree of Murder, composta por Brian Jones.

Continua após a publicidade

O relançamento de Goats Head Soup sairá ainda com outras duas faixas inéditas garimpadas do baú: a já lançada Criss Cross e All The Rage. Em abril, a banda lançou também outra música inédita, Living in a Ghost Town, que foi parcialmente gravada na quarentena.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.