Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Personagem de Kevin Spacey poderá morrer em ‘House of Cards’

Produtores estão pesando soluções para a série da Netflix após o ator ser acusado de assédio e abuso sexual por vários colegas de trabalho

Por Da redação 3 nov 2017, 20h16

Os produtores de House of Cards estão com um problemão: precisam decidir como resolver a sexta temporada da série, que já foi confirmada pela Netflix como a última, após seu protagonista, Kevin Spacey, ter sido acusado de assédio e abuso sexual por vários colegas de trabalho. Segundo o site da revista Variety, uma das possibilidades que eles estão considerando é a de matar, na história, o personagem do ator, Frank Underwood. Assim, o sexto ano seria protagonizado por sua mulher, Claire, interpretada por Robin Wright.

  • A produção fica por conta da empresa Media Rights Capital (MRC). A preocupação dos produtores é que surjam novas acusações contra Spacey e a situação se torne insustentável. Várias pessoas que trabalharam com Spacey no seriado afirmaram à CNN que ele assediava os funcionários e tinha comportamento “predatório”, transformando o set de filmagem em um ambiente “tóxico”.

    Cancelar de todo House of Cards, por outro lado, traria outro problema para a MRC. De acordo com a Variety, 300 pessoas estão empregadas atualmente no elenco e na equipe da produção. Se a série desistisse da sexta temporada, essas três centenas de funcionários ficariam sem emprego.

    O novo ano do seriado começou a ser produzido há pouco tempo, portanto, ainda daria tempo para encontrar uma solução para o personagem de Spacey. Os produtores estão avaliando o contrato do ator para verificar se podem seguir em frente sem ele. Os comentários do público no Twitter também mostram que não seria má ideia continuar sem Frank Underwood. Em seu perfil, a atriz Jessica Chastain sugeriu nesta sexta: “A Robin Wright já pode protagonizar House of Cards agora? Nós estamos prontos para isso”.

    Continua após a publicidade
    Publicidade