Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Morre Danuza Leão, modelo e colunista social, aos 88 anos

Atriz, empresária, jornalista e produtora de arte fez sucesso também como escritora ao lançar livros de etiqueta

Por Kelly Miyashiro Atualizado em 23 jun 2022, 20h33 - Publicado em 23 jun 2022, 09h22

Danuza Leão, modelo e colunista social, morreu aos 88 anos no Rio de Janeiro na quarta-feira, 22. A escritora nasceu em Itaguaçu, no interior do Espírito Santo, em 26 de julho de 1933. Ainda na infância, aos dez anos, ela e sua família se mudaram para o Rio. A artista era irmã de Nara Leão, o que a fez acompanhar o nascimento da Bossa Nova. A autora, considerada uma figura a frente de seu tempo, lançou livros de etiqueta que fizeram muito sucesso no Brasil.

Como modelo, Danuza iniciou sua carreira na década de 1950, se tornando uma das primeiras brasileiras a desfilar fora do país. No apartamento em que morava com Nara em Copacabana, no Rio de Janeiro, grandes artistas da Bossa Nova faziam reuniões.

A artista também trabalhou como jurada de programa de TV, produtora de arte, entrevistadora, dona de boutique e promoter de boates na capital fluminense. Como atriz, estrelou Terra em Transe, em que interpretou a personagem Sílvia no filme de Glauber Rocha. A obra representa um dos maiores clássicos do Cinema Novo.

Como atriz, ela participou, em 1967, do filme “Terra em Transe”, como a personagem Sílvia. A obra de Glauber Rocha é um dos maiores clássicos do movimento do Cinema Novo.

Continua após a publicidade

Danuza Leão alcançou ainda mais sucesso ao lançar o livro de etiquetas sociais Na Sala Com Danuza, em 1992. O livro foi um dos mais vendidos por um ano, se tornando um clássico dentre os manuais de etiqueta. A publicação ganhou uma sequência em 2004, quando a escritora lançou Na Sala Com Danuza 2. Em 2005, ela lançaria seu livro de memórias, Quase Tudo, pelo qual recebeu um prêmio Jabuti. A jornalista também publicou Danuza Leão Fazendo as Malas (2008), Danuza Leão de Malas Prontas (2009) e É Tudo Tão Simples (2011).

Colunista, ela escreveu crônicas do cotidiano para o Jornal do Brasil, Folha de São Paulo e O Globo, falando de relacionamentos, comportamento e dicas de etiqueta. Nos últimos anos, a escritora causou controvérsia ao declarar ser contra a PEC das Domésticas, que garantia direitos trabalhistas às empregadas domésticas; que não via graça em Nova York já que até seu porteiro viajava para lá, e por rejeitar o movimento MeToo, no qual mulheres do cinema e TV se posicionaram contra assédios na indústria do entretenimento nos Estados Unidos.

Danuza Leão foi casada com o jornalista Samuel Wainer (1910-1980), fundador do jornal Última Hora, e os dois tiveram três filhos: Samuel Wainer Filho, jornalista morto em uma acidente de carro em 1984, a artista plástica Pinky Wainer e o empresário do ramo do cinema Bruno Wainer. O casal se separou, e a escritora se casou mais duas vezes, a primeira com o compositor Antônio Maria (1921-1964), e depois com o jornalista Renato Machado.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)