Clique e assine a partir de 9,90/mês

George Miller, diretor de ‘Mad Max’, presidirá Festival de Cannes

Cineasta de 70 anos substitui os irmãos americanos Joel e Ethan Coen

Por Da Redação - 2 fev 2016, 08h22

O cineasta George Miller, 70 anos, que dirigiu a saga Mad Max, presidirá o júri do 69º Festival de Cannes, tornando-se o primeiro australiano à frente da prestigiosa competição cinematográfica. “É um imenso prazer estar no centro deste Festival carregado de história”, declarou Miller na nota oficial divulgada pelos organizadores do evento. “Ser presidente do júri é uma grande honra e não perderia por nada deste mundo”, completou.

Miller substitui os americanos Joel e Ethan Coen, irmãos que presidiram o festival em 2015. Este ano, o evento acontece de 11 a 22 de maio.

Leia também:

‘Mad Max’ retorna mais veloz, furioso e imperdível

‘Mad Max’ é eleito o melhor filme do ano por organização americana

Associação de Críticos da Internet premia ‘Mad Max’ como melhor filme

Continua após a publicidade

Diretor de ‘Mad Max’ quer filme solo com personagem de Charlize Theron

Diretor, roteirista e produtor, Miller foi o criador da saga que ganhou status de cult Mad Max. O primeiro filme, de 1979, lançou a carreira internacional do ator Mel Gibson. Os dois episódios seguintes da franquia foram exibidos em 1981 e 1985.

A história que parecia encerrada ganhou um novo começo em 2015, com o quarto episódio, Mad Max: Estrada da Fúria. O longa estrelado por Charlize Theron e Tom Hardy recebeu dez indicações para o Oscar, incluindo o de melhor filme e melhor diretor. A cerimônia de entrega da estatueta acontece em 28 de fevereiro. O filme, aliás, foi exibido no ano passado em Cannes, fora de competição.

Miller também tem no currículo longas como As Bruxas de Eastwick (1987) e Happy Feet – O Pinguim, vencedor do Oscar de melhor animação em 2007.

Entrevista: George Miller, o pai de ‘Mad Max’

(Da redação com agência France-Presse)

Continua após a publicidade
Publicidade