Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Daryl Hannah lamenta não ter visto palestra de Marina Silva no SWU

Atriz defende formas alternativas de produção de energia e utilização de biocombustíveis

Por Raissa Pascoal, de Paulínia 13 nov 2011, 19h37

A atriz americana Daryl Hannah, famosa por seus papéis em Kill Bill, Blade Runner e Splash, está bastante envolvida com a causa ambiental. “A maneira como produzimos energia no mundo é destrutiva. Temos outras formas de fazer isso. Temos a solução para o problema que causamos”, disse.

A atriz participou da segunda palestra do II Fórum Global de Sustentabilidade do SWU na tarde deste domingo, ao lado de Anna Gabriel, filha do cantor Peter Gabriel. Ela lamentou não ter assistido à palestra de Marina Silva nesta manhã, a quem considera “incrível”.

Daryl, que chegou a ser presa em agosto em frente à Casa Branca, em Washington, em um protesto contra um oleoduto, classificou o biocombustível uma ótima alternativa para a crise de combustíveis fósseis. “Quanto mais você aprende, mais você percebe que há soluções para as crises que enfrentamos”, falou. A atriz é cofundadora da Sustainable Biodiesel Alliance (Aliança de sustentabilidade do biodiesel) e fundadora do site dhlovelife.com, que mostra soluções ecologicamente corretas para produtos desenvolvidos no mundo.

Para a americana, o planeta é uma aldeia e todos têm responsabilidade por ele. “Somos uma família, temos um destino em comum”. Após a palestra, a Daryl Hannah falou sobre sua temporada de sete meses na Amazônia, onde fez uma filmagem, e também sobre seu encatamento com o lugar. “Nós tivemos uma experiência gloriosa. Um sonho meu se realizou. Quando eu era criança, eu sonhava em viver na Amazônia”, disse.

Sem deixar de lado a carreira como atriz, Daryl planeja dois filmes para janeiro de 2012, um drama e uma comédia. No SWU, ela assistiu ao show de Damian Marley neste sábado e verá Peter Gabriel em um dos palcos principais neste domingo.

Continua após a publicidade
Publicidade