Clique e assine a partir de 8,90/mês

Brasileiro disputa o Oscar com ‘Me Chame pelo Seu Nome’

"Estou lisonjeado de estar ao lado de grandes nomes da história do cinema", comemorou o produtor Rodrigo Teixeira

Por Alex Xavier - Atualizado em 23 jan 2018, 13h37 - Publicado em 23 jan 2018, 13h19

O produtor brasileiro Rodrigo Teixeira está eufórico com a indicação de Me Chame pelo Seu Nome entre os nove títulos que concorrerão à principal categoria do Oscar. Ele e sua RT Features estão por trás do elogiado filme de Luca Guadagnino, que também entrou na disputa nas categorias ator (Timothée Chalamet), roteiro adaptado e canção original.

“Com certeza, este é um momento muito especial”, disse, de Los Angeles, por intermédio de sua assessoria. “Estou emocionado com as indicações para Me Chame pelo Seu Nome, um filme do qual me orgulho muito, que passa uma mensagem tão necessária e também lisonjeado de estar no Oscar ao lado de grandes nomes da história do cinema e de quem sou fã”.

Em caso de a produção surpreender, Teixeira estará entre os produtores que subirão no palco para receber a estatueta na categoria principal. Seria o primeiro brasileiro vencedor do Oscar. “Acho que temos muito boas chances em roteiro (adaptado) e filme sempre tem chance porque é uma votação diferente”, analisou. “Estou torcendo muito pelo Timothée e pela música. Fomos indicados em categorias que são fortes para a gente, a única que eu esperava e não fomos é a de ator coadjuvante (Armie Hammer)”.

O plano de Teixeira agora é de passar mais tempo em Los Angeles, fazendo campanha para o filme, até a cerimônia, em 4 de março. “Precisamos correr para fazer essa campanha e tentar chegar perto do A Forma da Água (indicado em 13 categorias)”, vislumbra.

“Há anos comecei a planejar minha carreira no mercado internacional, um caminho longo, de muita perseverança, ao lado de uma equipe talentosa”, disse. “Assim, começamos a investir em projetos, ampliamos o portfólio da RT e, cada vez mais, passamos a ter acesso a roteiros e diretores de grande relevância. Sinto que conquistei mais do que esperava”.

Baseado em livro de Andre Aciman, a história gira em torno do despertar da sexualidade de um adolescente durante as férias de verão, quando conhece um colega de seu pai. O filme entrou em cartaz na semana passada nos cinemas brasileiros.

Continua após a publicidade
Publicidade