Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

#VirouViral Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Duda Monteiro de Barros
Como surgem e se espalham os assuntos mais comentados da internet
Continua após publicidade

Crack no governo Lula: assista ao vídeo absurdo da pastora Damares Alves

Ex-ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos é chamada de 'mentirosa' nas redes sociais

Por Duda Monteiro de Barros
Atualizado em 8 ago 2022, 15h06 - Publicado em 8 ago 2022, 14h33

A dois meses das eleições, a liderança de Lula (PT) nas pesquisas anda incomodando os apoiadores convictos do residente Jair Bolsonaro (PL). Entre os bolsonaristas com medo do futuro nas mãos da oposição está Damares Alves, que anunciou recentemente sua candidatura Senado no DF pelo Republicanos.

Na última semana, a pastora postou um vídeo nas redes sociais afirmando que o governo Lula — o qual se refere como “governo das trevas” — incentivava o uso de drogas, inclusive crack, na juventude. Com uma cartilha antiga do Ministério de Saúde sobre prevenção ao uso de entorpecentes nas mãos, ela garante que o manual ensina os jovens a fazerem o uso das substâncias lícitas e ilícitas. Veja:

Trata-se, na realidade, de um conteúdo de 2009 do Programa Nacional de DST/aids produzido para profissionais de saúde auxiliarem pessoas com vício na diminuição do contágio de HIV e outras doenças pelo compartilhamento de seringas e objetos usados no consumo de drogas. Longe de ser uma espécie de livro distribuído para jovens ou em escolas.

Continua após a publicidade

“A redução de danos é estratégia de promoção da saúde que não exclui nenhum grupo ou indivíduo, ou seja, visa a fornecer dicas de autocuidado, principalmente de prevenção de doenças, para todos(as) usuários(as) de drogas lícitas ou ilícitas, com usos esporádicos, frequentes ou que envolvam dependência. Procura promover a saúde, democratizando informações mesmo entre aqueles que não queiram ou não consigam abandonar o uso dessas substâncias. Como o próprio nome diz, o que se procura é ‘reduzir danos’ associados ao uso de drogas, procurando acolher e cuidar sem preconceito de quem não adota a abstinência”, explica um texto do Ministério da Saúde.

A repercussão da postagem foi tamanha que até o youtuber Felipe Neto entrou na discussão. “A senhora é mentirosa, irresponsável e não segue os mandamentos que diz tão fervorosamente seguir. Se eu estou errado, me processe. Prove na justiça que o governo do PT distribuiu a cartilha q vc mostrou no vídeo para a população. Está desafiada”, escreveu. A tag “mentirosa” ficou entre as mais comentadas do Twitter nesta segunda-feira, 8.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.