Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Tela Plana Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Kelly Miyashiro
Críticas e análises sobre o universo da televisão e das plataformas de streaming
Continua após publicidade

Morte, casamento e perdão: o que acontece no final de ‘Renascer’

No ar como remake, novela das 9 da Globo escrita por Benedito Ruy Barbosa foi exibida pela primeira vez em 1993

Por Kelly Miyashiro Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
23 jan 2024, 18h57

No ar na Globo como um remake escrito por Bruno Luperi e que ocupa a faixa das 21h, Renascer teve seu último capítulo original exibido em 13 de novembro de 1993. O desfecho da trama escrita por Benedito Ruy Barbosa precisou ser dividido em duas partes, tendo o final mostrado excepcionalmente em um sábado e com uma reprise no domingo seguinte. O protagonista, José Inocêncio, interpretado à época por Antônio Fagundes, morreu nos braços de João Pedro (Marcos Palmeira), o filho caçula que ele rejeitara a vida inteira porque seu amor, Maria Santa (Patrícia França), morrera no parto de Pedro. Em seu leito de morte, o fazendeiro pede perdão ao herdeiro e diz que o ama, lamentando nunca tê-lo feito uma declaração de afeto. Pedro o perdoa, e Inocêncio morre, sendo recebido por Santinha em um plano espiritual, onde eles seguem juntos por toda a eternidade.

Alvo de disputa e motivo que agrava a discórdia entre José Inocêncio e João Pedro durante a novela, Mariana (Adriana Esteves) deixa a fazenda da família após a morte do veterano. O mocinho, então, se casa com Sandra (Luciana Braga), e o casal tem uma filha. Inácia (Chica Xavier) segue trabalhando na fazenda com João Pedro e chega a ver o espírito de José Inocêncio.

Assim como no remake, Renascer foi dividida em duas fases, contando primeiro a saga do jovem José Inocêncio (Leonardo Vieira), que faz um pacto com Deus e o Diabo ao fincar seu falcão aos pés de um Jequitibá, e se torna uma lenda ao sobreviver à tentativa de assassinato de jagunços de fazendeiros locais. O personagem também consegue construir um poderoso império de cacau em Ilhéus, na Bahia. Após se casar com Maria Santa, ele tem quatro filhos: José Augusto (Marco Ricca), José Bento (Tarcísio Filho), José Venâncio (Taumaturgo Ferreira) e João Pedro (Marcos Palmeira). Nos negócios, ele enfrenta Belarmino (José Wilker), avô de Mariana, morto de maneira misteriosa, e Teodoro (Herson Capri), seu vizinho, com quem disputa terras.

Qual a história de Renascer

Na adaptação, José Inocêncio é interpretado por Humberto Carrão na primeira fase, e depois por Marcos Palmeira. O personagem enfrenta o  coronel Firmino (Enrique Diaz) e Belarmino (Antonio Calloni).

No início dos anos 1990, Inocêncio chega a Ilhéus, no sul da Bahia, e é quase assassinado por jagunços do coronel Firmino, que o vê como um invasor de sua plantação de cacau. O protagonista é salvo pelo mascate Rachid (Gabriel Sater), ganhando a fama de “homem que tem o corpo fechado para morte”. Depois, ele é socorrido por Cândida (Maria Fernanda Cândido), dona de uma fazenda improdutiva que aceita cedê-la para o forasteiro, após ele prometer que vai prosperar. O mocinho enfrenta os inimigos Belarmino e Firmino, que querem as terras de Cândida a qualquer custo, mas Inocêncio consegue arrematar as terras de Belarmino com uma grande manobra. Em seguida, ele ainda consegue se casar com Maria Santa (Duda Santos), a Santinha, e formar uma família.

Continua após a publicidade

Na segunda fase da novela, José Inocêncio se torna um fazendeiro rico, porém amargurado desde a morte de Maria Santa, vivendo às turras com João Pedro, o único filho que nunca saiu de casa e o ajudou a cuidar da fazenda de cacau — como uma forma de punição. José Augusto virou médico, José Bento, advogado e José Venâncio se tornou publicitário — todos formados graças ao sustento garantido pelo pai.

Acompanhe notícias e dicas culturais nos blogs a seguir:

Tela Plana para novidades da TV e do streaming
O Som e a Fúria sobre artistas e lançamentos musicais
Em Cartaz traz dicas de filmes no cinema e no streaming
Livros para notícias sobre literatura e mercado editorial

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.