Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Sensacionalista Por Redação Isento de verdade

Governo é tão atrasado que nem os relógios vão adiantar mais, diz analista

O presidente chegou a pensar em atrasar os relógios para 1964, mas desistiu

Por Sensacionalista 12 abr 2019, 07h00

Inconformado com alguma coisa andando para a frente no país, o presidente Jair Bolsonaro resolveu acabar com o horário de verão. Com isso, nem mais os relógios serão adiantados.

O presidente chegou a pensar em atrasar os relógios para 1964, mas desistiu. O Ministério da Ciência e Tecnologia já está desenvolvendo um relógio cujos ponteiros vão se mover no sentido anti-horário.

Prospera no governo a ideia de mudar a frase da bandeira nacional para uma que combine mais com o momento. A mais cotada até agora é “desordem e retrocesso”.

Publicado em VEJA de 17 de abril de 2019, edição nº 2630

Continua após a publicidade

Publicidade