Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Reinaldo Azevedo

Por Blog Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura
Continua após publicidade

A ditadura exemplar saúda o PT

Olhem que vem para o banquete. Na página do PT, há um post todo orgulhoso, noticiando o recebimento de congratulações do Partido Comunista da China por o ocasião da realização do 3º Congresso. Segue a íntegra da mensagem. Volto depois: Beijing, 24 de agosto de 2007.Diretório Nacional do Partido dos Trabalhadores,Na ocasião da realização do […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 22h12 - Publicado em 3 set 2007, 17h59
Olhem que vem para o banquete. Na página do PT, há um post todo orgulhoso, noticiando o recebimento de congratulações do Partido Comunista da China por o ocasião da realização do 3º Congresso. Segue a íntegra da mensagem. Volto depois:

Beijing, 24 de agosto de 2007.
Diretório Nacional do Partido dos Trabalhadores,
Na ocasião da realização do 3º Congresso do Partido dos Trabalhadores, temos a honra de expressar-lhes, e pelo digno conduto do Congresso, as mais calorosas congratulações para todos os militantes do PT, em representação do Comitê Central do Partido Comunista da China.
O PT é um importante partido brasileiro, que joga um papel destacado na vida política do país. O vosso Partido tem feito os esforços incansáveis em desenvolver economia nacional, aperfeiçoar a democracia e a legalidade, impulsionar a justiça social, elevar o patamar da vida do povo, e obtém o êxito considerável.
O Partido Comunista da China atribui alta importância à amizade tradicional com o PT, está disposto a consolidar e desenvolver ainda mais as relações amistosas com o vosso partido, baseando-se nos princípios de independência e autodecisão, igualdade completa, respeito mútuo e não intervenção nos assuntos internos alheios, trocando profundamente as experiências de governabilidade, promovendo o desenvolvimento integral das relações de parceria estratégica sino-brasileiras, em benefício aos nossos dois países e dois povos.
Formulamos os votos pelo êxito completo do 3º Congresso do PT.
Atenciosamente,
Departamento Internacional do Comitê Central do Partido Comunista da China

Voltei
“Autodecisão” é só uma tradução idiota. O termo universalmente consagrado é “autodeterminação”. O problema do PT não é fazer tradução manca do inglês, mas tentar verter o mandarim para o português.

O amor petista por Cuba é coisa do passado, como quem compra um pequeno apartamento na periferia para a velha amante, para que tenha onde passar a sua decadência. O PC chinês, com efeito, é quem hoje o seduz. Afinal, vejam lá: a China está no centro da economia globalizada — e, no entanto, trata-se de uma ditadura feroz, em certa medida irreproduzível em qualquer país ocidental, mas isso não quer dizer que não sirva de inspiração. Daí o orgulho com que os petistas exibem as congratulações.

Sempre que a China exalta o amor de alguém pela democracia, é bom você guardar um dinheiro para pagar aquela bala que pode estourar os seus miolos. Quando o PC chinês fala em “não-intervenção em assuntos internos”, está dizendo o seguinte: “Nós matamos os nossos chineses; cada governo mata o seu povo à vontade, sem ingerência externa”.

Vai ver é isso que Marco Aurélio Top Top Garcia chama de fortalecimento do “estado nacional”. Trata-se de um mundo em que cada um pode ser bárbaro à sua maneira.

Delinqüentes!

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.