Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Exército manda mulheres para missões da ONU na África

Em anos anteriores o Brasil enviou para fora do país uma militar, em 2018, e três em 2019

Por Robson Bonin 29 nov 2021, 11h05

Depois de realizar um treinamento recentemente com 15 militares mulheres, o Exército começou a enviar as primeiras oficiais para missões da ONU em países da África.

Uma fonte ouvida pelo Radar diz que 12 mulheres já estão com viagens encaminhadas para atuarem por um ano no exterior como observador militar e staff officer. As primeiras militares já embarcam em janeiro.

“A ONU tem incentivado o incremento da participação feminina nas missões sob sua responsabilidade. O Exército tem buscado implementar medidas para a expansão da participação feminina, assegurando a manutenção do fluxo de seleção, preparação e in-dicação de militares do segmento feminino para os próximos ano”, diz uma fonte da caserna.

As militares serão enviadas para a República Centro-Africana, Sudão do Sul, Saara Ocidental e República Democrática do Congo.

Em anos anteriores o Brasil enviou para fora do país uma militar, em 2018, e três em 2019.

Continua após a publicidade

Publicidade