Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Com escândalo sexual no governo, Bolsonaro ataca o… comunismo

Presidente ainda não comentou as denúncias de assédio contra o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, que será exonerado nesta quarta

Por Laísa Dall'Agnol Atualizado em 29 jun 2022, 13h38 - Publicado em 29 jun 2022, 13h02

Em meio a denúncias sobre assédio sexual envolvendo o presidente da Caixa Pedro Guimarães, Bolsonaro aproveitou a manhã desta quarta-feira para atacar… o comunismo.

Após recepcionar o jornalista americano Tucker Carlson no Planalto, o ex-presidente falou a apoiadores.

“Eu peço a Deus que o nosso povo não experimente o que é o comunismo”, declarou.

“Temos aqui um âncora da Fox News visitando (…) isso é muito bom, porque o americano e o mundo todo que o assiste conheçam uma visão real do que é o Brasil. Falei pra eles que toda manhã sempre tem um público e a gente conversa (…) Isso é muito bom pra democracia, pra gente não se afastar da população. Pra saber que a força vem de vocês e nós devemos estar sintonizados e levar o Brasil para o lado que vocês indicarem pra gente”, afirmou Bolsonaro.

Principal porta-voz da direita americana, Carlson está no Brasil para produzir um documentário sobre — entre outros temas — “a crescente influência e poder” do Partido Comunista Chinês no Brasil com a “ajuda” do presidente americano Joe Biden.

Para a tarefa, o apresentador tem conversado com membros do governo e do clã Bolsonaro.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)