Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Após liberar R$ 46 milhões, Justiça exige análise de gastos da 123milhas

Desembargador atende pedido do Ibraci e do Banco do Brasil e determina apuração ‘minuciosa’ de como a empresa gastou o dinheiro desbloqueado

Por Nicholas Shores Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 23 jan 2024, 17h55 - Publicado em 23 jan 2024, 17h30

O desembargador Alexandre Victor de Carvalho, relator da recuperação judicial da 123milhas na segunda instância da Justiça de Minas Gerais, determinou que os administradores judiciais do processo façam uma “minuciosa apuração” dos gastos com 23,5 milhões de reais liberados para a empresa quitar pendências com vencimento até 29 de janeiro de 2024. 

A decisão atende, em parte, pedidos do Instituto Brasileiro de Cidadania (Ibraci) e do Banco do Brasil. O Ibraci, registrado no caso como amicus curiae (nome dado a terceiros que ingressam no processo para fornecer subsídios ao julgador), queria que a liberação, 12 dias atrás, de outros 23 milhões de reais pedida pela 123milhas ficasse condicionada à comprovação de todas as despesas pagas com a primeira quantia.

“De fato, conquanto tenha sido demonstrada a necessidade das recuperandas em acessar referida verba, há evidente imperiosidade de controle do seu uso pela administração”, escreveu o desembargador-relator nesta terça.

Ele acatou apenas um dos três itens pedidos pelo Banco do Brasil, justamente o que almejava a ordem por uma “minuciosa apuração do lastro das despesas já comprovadas pela recuperandas, inclusive com a análise dos documentos pendentes de apresentação pelas recuperandas, bem como para que prestem contas da aplicação financeira e respectivos rendimentos do valor total de R$23.516.504,81”.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.