Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Anvisa convoca reunião para discutir regras para cigarros eletrônicos

Antônio Barra Torres quer ouvir manifestações de diversos segmentos da sociedade sobre o tema

Por Redação
23 nov 2023, 12h07

O presidente da Anvisa, Antônio Barra Torres, antecipou a audiência pública sobre a regulamentação dos cigarros eletrônicos para o dia 1º de dezembro. O diretor do órgão de saúde quer ouvir diversos  segmentos da sociedade sobre a liberação de “vapes” em território nacional. 

Proibidos desde 2009 em todo o país, os cigarros eletrônicos têm cada vez mais consumidores. Uma pesquisa do IPEC mostra, entre 2018 e 2022, um crescimento de 500.000 para 2,2 milhões de adultos usuários do produto.

Defensores da regulamentação argumentam que a medida traria normas sanitárias claras, monitoramento rígido do produto e reflexos positivos para a economia. Um estudo da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais, encomendado pela empresa de tabaco BAT Brasil,  estima uma demanda potencial de 3,3 milhões de consumidores, representando um mercado de 7,5 bilhões de reais ao ano.

A regulamentação, segundo o levantamento da FIEMG, poderia gerar uma arrecadação média anual de  2,2 bilhões de reais em impostos federais. Sem regulamentação, o mercado, atualmente dominado pelo contrabando e capitaneado por organizações criminosas, poderia movimentar mais de 16 bilhões de reais.

Outro argumento dos defensores da regulamentação dos vaporizadores ou produtos de tabaco aquecido não são produtos saudáveis, livres de danos, mas, fora da clandestinidade, podem ser considerados alternativas de risco reduzido para adultos fumantes em relação aos cigarros convencionais. Atualmente, mais de 80 países já regulamentaram o produto.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.