Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Radar

Por Gustavo Maia (interino) Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Abrinq relança campanha para enfrentar violência sexual contra crianças

Com a iniciativa “Pode ser abuso”, fundação ensina a identificar sinais de abuso e divulga canais de denúncia

Por Nicholas Shores Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 9 Maio 2024, 14h59 - Publicado em 7 Maio 2024, 18h30

A Fundação Abrinq relançou neste mês a campanha “Pode Ser Abuso”, criada em 2018, e que desde então tem sido uma voz na luta contra a violência sexual infantil. Com o objetivo de ensinar a identificar sinais de abuso e mostrar os canais de denúncia, a campanha adota o lema “Não dá para continuar virando as costas para o problema”.

Um levantamento recente da Abrinq destaca um aumento preocupante no número de casos de violência sexual no Brasil. Analisando o período entre 2012 e 2022, a proporção de crianças e adolescentes afetados manteve-se estável em cerca de 74%.

Ou seja, de cada quatro vítimas de violência sexual, três são menores de idade. Em 2022, o total de notificações foi de 45.273, representando uma média de 124 casos por dia.

A Fundação Abrinq, que há mais de 30 anos atua na defesa dos direitos das crianças e adolescentes, pede urgência no enfrentamento desse problema e ressalta que todo caso de violência sexual infantil requer atenção e intervenção.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.