Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

O Som e a Fúria Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Felipe Branco Cruz
Pop, rock, jazz, black music ou MPB: tudo o que for notícia no mundo da música está na mira deste blog, para o bem ou para o mal
Continua após publicidade

A audiência estonteante do filme sobre os bastidores de ‘We Are The World’

Documentário sobre a música composta há 39 anos por Michael Jackson e Lionel Ritchie estreou em primeiro lugar na Netflix

Por Felipe Branco Cruz Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
7 fev 2024, 11h41

Lançada há 39 anos, em 28 de janeiro de 1985, a canção We Are The World provou que continua relevante até hoje. O documentário A Noite Que Mudou o Mundo, da Netflix, que conta os bastidores daquela histórica gravação, teve a melhor estreia da semana em filmes falados em inglês, com estonteantes 19,2 milhões de horas assistidas e 11,9 milhões de execuções. Em segundo lugar, com 15, milhões de horas assistidas e 10 milhões de plays, está a animação Orion: Aventuras nas Sombras, seguido pelo filme Lift – Roubo nas Alturas, que em sua quarta semana, amealhou 14,7 milhões de horas e 8,2 milhões de plays.

A canção foi composta por Michael Jackson e Lionel Ritchie com o objetivo de arrecadar fundos para combater a fome na Etiópia. Com entrevistas com os principais participantes da gravação, o filme vai além de polêmicas rasas e disputas de egos entre Madonna e Cindy Lauper ou Michael Jackson e Prince, para focar em histórias divertidas da gravação, que começou às 23h e só foi terminar às 6h. Rapidamente, eles explicam que Madonna simplesmente foi esnobada e não convidada. Cindy Lauper sempre foi a primeira opção e ela quase desistiu porque seu namorado à época achava que a música não faria sucesso.


Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.