Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Matheus Leitão

Blog de notícias exclusivas e opinião nas áreas de política, direitos humanos e meio ambiente. Jornalista desde 2000, Matheus Leitão é vencedor de prêmios como Esso e Vladimir Herzog
Continua após publicidade

Pará vai rastrear gado para evitar criação de animais em áreas desmatadas

Programa foi anunciado na COP 28 e faz parte da busca por melhorar a imagem do estado que chegou a ser campeão de derrubada de árvores na Amazônia

Por Matheus Leitão Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 9 Maio 2024, 18h51 - Publicado em 1 dez 2023, 17h41

O governador do Pará, Helder Barbalho, anunciou na COP 28, em Dubai, um decreto que vai permitir a rastreabilidade individual do gado até 2026. O programa terá o apoio de mais de R$ 120 milhões de organizações privadas, como o Fundo Bezos e a JBS.

A rastreabilidade no Pará será feita com chips e brincos colocados em cada animal. A medida visa o combate a crimes ambientais, como o desmatamento ilegal na Amazônia. 

Com o segundo maior rebanho bovino do Brasil — 26 milhões de animais —, o Pará afirma que pretende assegurar uma cadeia livre da ilegalidade, aumentando a competitividade no mercado internacional. 

A rastreabilidade vai controlar o gado desde sua origem e criação, evitando que sejam animais oriundos de áreas desmatadas e degradadas. 

As metas do programa são: 100 % dos bovinos rastreados individualmente até dezembro de 2025 e todo o rebanho até dezembro de 2026; 75% dos Cadastros Ambientais Rurais validados até dezembro de 2025 e 100% até dezembro de 2026; Recuperação de 20% da área de pastagens degradadas.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.