Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Matheus Leitão Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Blog de notícias exclusivas e opinião nas áreas de política, direitos humanos e meio ambiente. Jornalista desde 2000, Matheus Leitão é vencedor de prêmios como Esso e Vladimir Herzog
Continua após publicidade

A satisfação do ministro Edson Fachin ao ser citado por Bolsonaro

Após ser novamente

Por Matheus Leitão Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
22 jun 2023, 06h30

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, não ficou chateado ao saber que Jair Bolsonaro o apontou como o “culpado” da reunião com os embaixadores que pode cassar os direitos políticos do líder da extrema-direita.

É o que informam interlocutores do magistrado à coluna.

Nesta quarta, 21, no Senado, o líder da extrema-direita defendeu que só fez a reunião com diplomatas porque Fachin, então presidente do TSE, havia feito o mesmo dois meses antes, sem que tivesse “competência” para tratar de política externa.

“Então foi uma resposta ao senhor Edson Fachin, porque lá naquela reunião dele, o que ele deixou mais do que implícito, deixou claro — isso faltavam cinco meses aproximadamente para as eleições: ‘tão logo o TSE apresente o resultado, os senhores, embaixadores, devem, junto aos senhores respectivos chefes de Estado, reconhecer imediatamente o ganhador das eleições’. E esse é o fato, essa é a verdade, essa é a realidade”, afirmou Bolsonaro.

Continua após a publicidade

Discretíssimo como magistrado, Fachin fez certo ao chamar a atenção da “comunidade internacional contra acusações levianas” ou aquilo que definiu como o “vírus da desinformação” contra as urnas eletrônicas.

O magistrado falava mesmo do político da extrema-direita. Acertadamente, como se pode ver.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.