Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Maquiavel Por José Benedito da Silva A política e seus bastidores. Com João Pedroso de Campos, Reynaldo Turollo Jr., Tulio Kruse, Diogo Magri, Victoria Bechara e Sérgio Quintella. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Em votação indireta, Paulo Dantas é eleito governador de Alagoas

Nome apoiado por Renan Calheiros venceu o pleito realizado indiretamente porque governador, vice e presidente da Assembleia abdicaram do posto

Por Da Redação 15 Maio 2022, 15h44

O deputado estadual Paulo Dantas (MDB) foi eleito governador de Alagoas neste domingo (15), em votação indireta feita na Assembleia Legislativa do estado. Dantas, que contou com o apoio do senador Renan Calheiros (MDB), fará um mandato tampão até 31 de dezembro.

O parlamentar foi eleito por 21 votos e terá como vice José Wanderley Neto (MDB). Eles derrotaram, entre outros, o deputado Davi Maia (União Brasil), candidato do grupo do deputado federal Arthur Lira (PP). Maia teve apenas um voto — nem sequer a bancada do PP, de Lira, votou nele.

A disputa entre Calheiros e Lira deve ser reproduzida nas eleições para governador em outubro. Dantas será o candidato do senador (e de Renan Filho, ex-governador) que enfrentará senador Rodrigo Cunha (União Brasil), nome de Lira. A chapa do MDB deve apoiar Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para presidente, enquanto Lira endossa a reeleição do presidente Jair Bolsonaro (PL).

A intenção da família Calheiros em emplacar Dantas para o mandato de governador-tampão é de que ele dispute o pleito de outubro sentado na cadeira de governador e no controle da máquina estadual.

Eleições indiretas

A eleição indireta para o governo estadual aconteceu porque, em abril, o então governador Renan Filho (MDB) deixou o cargo para poder disputar as eleições para o Senado, conforme determina a legislação eleitoral. O vice-governador, Luciano Barbosa, deveria assumir, mas já não estava mais no cargo desde 2020, quando foi eleito prefeito de Arapiraca.

O próximo na linha sucessória seria o presidente da Assembleia Legislativa, Marcelo Vitor (MDB), mas este preferiu convocar as eleições indiretas porque, caso assumisse, ficaria impedido de concorrer à reeleição como deputado estadual.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)