Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Maquiavel

Por José Benedito da Silva
A política e seus bastidores. Com Laísa Dall'Agnol, Victoria Bechara, Bruno Caniato, Valmar Hupsel Filho, Isabella Alonso Panho e Adriana Ferraz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Como será a cerimônia de diplomação de Lula e Alckmin no TSE na segunda

Haverá somente dois discursos. Segundo o tribunal, solenidade é realizada desde 1951

Por Da Redação
8 dez 2022, 18h38

O presidente e o vice eleitos, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Geraldo Alckmin (PSB), serão diplomados no Tribunal Superior Eleitoral em solenidade marcada para as 14h da próxima segunda-feira, 12. A cerimônia de diplomação é etapa indispensável para que os eleitos possam tomar posse no dia 1º de janeiro. Ela confirma que os candidatos escolhidos cumpriram todas as formalidades previstas na legislação eleitoral e estão aptos a exercer o mandato.

Somente Lula e o presidente do TSE, ministro Alexandre de Moraes, discursarão na solenidade, que seguirá os mesmos ritos da de 2018, quando o atual presidente, Jair Bolsonaro (PL), foi diplomado. Naquela ocasião, a diplomação de Bolsonaro foi em 10 de dezembro, também uma segunda-feira.

Caberá ao presidente do TSE abrir a sessão solene e designar dois ministros da Corte para conduzirem Lula e Alckmin ao plenário. Após a execução do Hino Nacional, Moraes entregará os diplomas, assinados por ele, ao presidente eleito e ao seu vice. O presidente diplomado, então, discursará. Por fim, será o discurso do presidente do TSE, que encerrará a sessão.

Segundo o TSE, o ritual é realizado desde 1951, quando Getúlio Vargas retornou à Presidência da República por meio do voto popular. Essa solenidade foi suspensa durante a ditadura militar (1964-1985) e voltou a ser realizada após a redemocratização, com a eleição de Fernando Collor de Mello em 1989. Na última terça-feira, 6, o plenário da Corte proclamou formalmente que Lula e Alckmin foram eleitos, após a aprovação do relatório final de totalização do segundo turno e da prestação de contas da campanha.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.