Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês
Em Cartaz Por Raquel Carneiro Do cinema ao streaming, um blog com estreias, notícias e dicas de filmes que valem o ingresso – e alertas sobre os que não valem nem uma pipoca

‘Minions 2’: a manifestação peculiar dos jovens que invadiu os cinemas

Grupos de garotos adolescentes viralizaram no TikTok após irem a sessões do filme vestidos de forma não tão convencional

Por Marcelo Canquerino Atualizado em 5 jul 2022, 18h09 - Publicado em 5 jul 2022, 14h48

A estreia de Minions 2: A Origem de Gru não era esperada apenas pelas crianças que adoram os monstrinhos amarelos protagonistas da franquia Meu Malvado Favorito — mas também por jovens que estão tomando as salas de cinema de maneira peculiar. O filme, que desde a estreia já ganhou 125,1 milhões de dólares e se tornou a maior bilheteria do Dia da Independência nos Estados Unidos, está arrastando meninos adolescentes em trajes de gala aos cinemas. Em vez de comparecem às sessões normalmente, garotos vestindo ternos viralizaram no TikTok e no Twitter após postarem vídeos indo assistir à animação em verdadeiros bandos.

Uma das primeiras postagens virais com a nova tendência veio de um jovem chamado Bill Hirst, de Sydney, na Austrália. O vídeo, que mostra uma fileira de meninos vestindo paletó e gravata subindo as escadas rolantes do shopping em direção ao cinema, já acumula mais de 8,5 milhões de visualizações no TikTok. “Queríamos fazer isso apenas por diversão. Nós apenas vestimos nossos ternos e fomos direto para o cinema… Foi muito espontâneo”, contou em entrevista a revista americana Variety.

@bill.hirst

🍌#fyp #minions #banana

♬ original sound – billh

O ato despretensioso de ir assistir ao filme dos Minions em trajes de gala, porém, não foi uma ideia exclusiva de Hirst e seu grupo de amigos. Chegando no cinema, eles se depararam com outro bando de garotos vestindo terno e gravata para ver a mesma animação. “Éramos quinze, mas, quando chegamos lá, havia outro grupo de cerca de oito. Isso foi antes de realmente se tornar uma tendência, então ficamos tão surpresos quando vimos todos esses outros caras lá também”, disse. O mesmo aconteceu com um jovem de Maryland, nos Estados Unidos, chamado Obie. Ele e os amigos viram os vídeos virais e decidiram fazer o mesmo. Chegando lá, encontraram outros meninos que tiveram a mesma ideia. Juntos, os jovens gravaram um vídeo para o TikTok e publicaram uma foto do encontro no Twitter que somam mais de 185.000 curtidas. 

A brincadeira, porém, tem causado problemas no Reino Unido. Alguns cinemas estão proibindo grupos de jovens usando terno de assistirem Minions 2 graças a comportamentos desordeiros em algumas sessões. Alguns vídeos publicados nas redes sociais mostram garotos aplaudindo o longa ruidosamente e perturbando as exibições. Um cinema independente de Wadebridge, na Cornualha, por exemplo, proibiu qualquer criança desacompanha que esteja vestindo terno de assistir ao filme.

A hashtag #Gentleminions, como eles mesmo se autoproclamam, já acumula mais de 5 milhões de visualizações no TikTok. O barulho foi tão grande que até mesmo a Universal Pictures, distribuidora do filme, fez uma publicação no Twitter brincando com a tendência. “Para todos aparecendo nas sessões de Minions usando terno: nós vemos vocês e amamos vocês.”

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)