Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Nasa divulga novas e incríveis imagens da superfície de Plutão

As fotos foram capturadas pela sonda New Horizons, em 14 de julho, e revelam surpreendentes detalhes de crateras, montanhas e geleiras na superfície do astro

A Nasa publicou um novo e surpreendente conjunto de fotos em alta definição de Plutão, na última sexta-feira (4). As imagens foram captadas pela sonda New Horizons em 14 julho, durante o voo histórico de ‘apenas’ 12.390 quilômetros de altitude e, segundo a agência espacial norte-americana, essas são as fotos que mais trazem detalhes da superfície do planeta anão.

Com a resolução de 77 a 85 metros por pixel, é possível observar de muito perto as crateras, montanhas e geleiras que recobrem a superfície de Plutão.

“Essas novas imagens nos dão uma visão de tirar o fôlego, em super alta resolução, da geologia de Plutão. A ciência que poderemos fazer com essas imagens é simplesmente inacreditável!”, disse Alan Stern, líder da missão New Horizons, em comunicado.

Leia também:

Céu de Plutão é azul e solo tem gelo, diz Nasa

A ciência de Plutão: confira os 8 principais achados da missão New Horizons

Nas imagens, é possível ver uma faixa de cerca de 80 quilômetros de largura de um planeta que está a mais de 5 bilhões de quilômetros da Terra. As fotos foram feitas pelo telescópio Long Range Reconnaissance Imager (LORRI), a bordo da New Horizons, 15 minutos antes da maior aproximação. Elas foram obtidas a partir de um modo de observação diferente – uma foto a cada três segundos – para evitar que ficassem desfocadas.

New Horizons – Desde que foi lançada pela Nasa, em janeiro de 2009, a sonda New Horizons já percorreu mais de 4,8 bilhões de quilômetros e chegou a uma distância de 12.390 quilômetros de Plutão para fazer fotos e recolher material da atmosfera do planeta-anão.

Essa exploração de uma área desconhecida do Sistema Solar busca trazer informações sobre Plutão e sua maior lua, Charon. Pequenos planetas como Plutão são relíquias de mais de 4 bilhões de anos que podem trazer dados reveladores sobre as origens do Sistema Solar.

Após a aproximação, a New Horizons continua sua viagem para uma região do Sistema Solar conhecida como Cinturão de Kuiper, que se estende de Netuno até depois do planeta-anão. Em Kuiper existem diversos planetas anões, mas a área foi até hoje pouco explorada por missões espaciais. Essa segunda etapa da viagem está prevista para o período entre 2016 e 2020.

Confira o vídeo feito pela Nasa com as novas imagens:

(Da redação)