Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Tremor de terra é registrado e assusta moradores de Maceió

Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte afirma que abalo pode ter sido de 2,5 pontos na escala Richter

Por Da Redação Atualizado em 10 dez 2020, 10h58 - Publicado em 4 mar 2018, 21h39

Atingida por fortes chuvas no último sábado, a capital de Alagoas, Maceió, sofreu outro fenômeno natural relevante neste final de semana. Um leve tremor de terra foi sentido por moradores de diversos bairros da capital do Estado. Alguns deles registraram os impactos do fenômeno em vídeos espalhados pelas redes sociais. Nas imagens, aparecem diversas  rachaduras provocadas em pisos e paredes provocadas pelo tremor (assista abaixo a uma compilação dos estragos).

“Neste momento, pedimos a população que não entre em pânico pois, segundo os técnicos de órgãos nacionais, a terra se acomoda e o risco de novo tremor é baixíssimo”, disse o coordenador da Defesa Civil Municipal de Alagoas, Dinário Lemos, à rede de televisão Gazeta. “As equipes estão estudando o tamanho do abalo e, a partir dos dados apresentados, tomaremos as medidas necessárias.”

De acordo com o Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LabSis/UFRN), o tremor sentido às 14h30 (hora local) em Maceió teve magnitude preliminar estimada em 2,5 pontos na escala Richter. “Esse evento foi sentido em diversos bairros da cidade e foi registrado por diversas estações operadas pela UFRN no Nordeste”, relatou o blog Sismos do Nordeste, alimentado pela equipe do LabSis/UFRN.

Já o radar da Universidade de São Paulo (USP) registrou um abalo sísmico em Satuba, na região metropolitana de Maceió, horas depois do primeiro registro. O portal G1 diz que em Satuba o tremor foi de magnitude 2,4 e aconteceu às 17h30.

Apesar do susto, a Defesa Civil de Maceió não registrou nenhuma vítima ou desabamento após os abalos da tarde de sábado – foram desalojadas apenas duas famílias no Bairro do Pinheiro, depois de engenheiros do órgão municipal aconselharem a saída de um imóvel que já apresentava problemas estruturais antes do episódio.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês