Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Temer irá ao Rio para uma agenda discreta durante a Olimpíada

O presidente interino decidiu viajar à cidade para uma reunião com o prefeito e integrantes da organização. Para evitar vaias, não irá a jogos

A última passagem do presidente interino, Michel Temer, pelo Rio de Janeiro antes do fim da Olimpíada será discreta. Nada de jogos e agendas públicas. Com receio de vaias na cidade, ele decidiu participar da reunião que acontece todas as tardes de quinta-feira no centro de mídia, próximo ao Parque Olímpico, sobre os Jogos. Participam normalmente o prefeito do Rio, Eduardo Paes; o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha; e o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro, Carlos Arthur Nuzman. Temer deixará a cidade no mesmo dia.

Temer desistiu de ir à cerimônia de encerramento da Olimpíada, no domingo à noite, para evitar desgastes. Na abertura, ele recebeu vaias no Maracanã no rápido momento em que declarou o início dos Jogos. O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, e a nova prefeita de Tóquio, Yuriko Koike, estarão no estádio por representarem a próxima cidade a sediar o evento, em 2020. Paes se encontrará com a prefeita na próxima sexta-feira para falar sobre como foi a preparação do Rio.