Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Suspenso afastamento de presidente do Metrô SP

Por Priscila Trindade

São Paulo (AE) – A Justiça de São Paulo suspendeu hoje a decisão de afastar o presidente do Metrô, Sérgio Avelleda. Ele deixou o cargo no dia 18 pela juíza Simone Casoretti, da 9.ª Vara da Fazenda Pública, por suspeita de fraude na concorrência da obra da linha 5-lilás.

Na decisão de hoje, o promotor Márcio Franklin Nogueira, da 1ª Câmara de Direito Público, afirmou que a manutenção de Avelleda no cargo, “ao menos por ora, não trará nenhum prejuízo ao interesse público”. “Não vislumbro, por último, qualquer possibilidade do réu, valendo-se do exercício da presidência, prejudicar a colheita de provas ou o andamento do feito, por se tratar de ação civil pública já ajuizada. Mesmo porque se isso vier a ocorrer, comprovadamente, seu afastamento poderá ser novamente determinado”.

A magistrada também havia ordenado a paralisação das obras, mas o presidente do Tribunal de Justiça, José Roberto Bedran, liberou a continuidade da construção da linha. Ele, porém, manteve o afastamento do cargo do presidente da companhia.