Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Soninha usa Twitter para criticar ação da PM na cracolândia

Secretária municipal de Assistência e Desenvolvimento Social de São Paulo disse que ação da polícia foi "absurda" e "inadmissível"

Por Da redação - 23 fev 2017, 21h45

A secretária municipal de Assistência e Desenvolvimento Social de São Paulo, Soninha Francine, fez críticas na tarde desta quinta-feira, pelo Twitter, à ação da Polícia Militar na cracolândia que terminou em conflito com policiais, dependentes químicos e profissionais de imprensa feridos.

Soninha é uma das encarregadas da gestão João Doria (PSDB) de tocar o”Redenção”, um programa para a região que a Prefeitura vem planejando. Doria afirmou que irá “acabar” com o fluxo, a aglomeração de usuários de crack, ainda neste semestre.

“Inadmissível a Policia tacar bombas dentro da Tenda Helvetia. Seja qual for o fato que motivou a entrada da PM, a ação em si foi absurda. Em QUALQUER aglomeração, uma ação ostensiva da polícia, sem inteligência e medida, pode ser desastrosa. No ‘fluxo’ da cracolândia, com toda a tensão do território e fragilidade das pessoas, uma ação dessas está fadada ao desastre”, escreveu a secretária em três tuítes.

(com Estadão Conteúdo)

Publicidade