Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sobrevivente do acidente com Globocop segue em estado gravíssimo

O operador de transmissão Miguel Brendo passou por três cirurgias, que totalizaram cinco horas de procedimento

O estado de saúde do único sobrevivente do acidente com o helicóptero da Rede Globo, que caiu no início desta terça-feira no Recife, capital de Pernambuco, permanece gravíssimo. O operador de transmissão Miguel Brendo está na UTI do Hospital da Restauração, o maior da capital pernambucana. Ele segue sedado e respira com a ajuda de aparelhos.

Veja também

Segundo informações da assessoria de imprensa do hospital, após o acidente, Brendo passou por três cirurgias, que totalizaram cinco horas de procedimento. Com a queda do helicóptero, ele sofreu lesões nos rins, entre outros traumas, além de quebrar o maxilar. Durante o procedimento cirúrgico, o operador perdeu o baço.

Chovia no momento do acidente, quando o Globocop caiu no mar, por volta das 6h15 de terça-feira, na Praia do Pina. Segundo o Samu, três pessoas ocupavam a aeronave; duas delas morreram. Ainda não são conhecidas as causas da queda.