Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Rio de Janeiro tem dia de violência neste sábado

Tiroteios foram registrados nas Zonas Oeste e Sul da capital e na Região Metropolitana do Rio; um suspeito morreu na favela da Rocinha

Em 24 horas, o Rio de Janeiro registrou pelo menos quatro tiroteios nas Zonas Oeste e Sul da cidade e em pontos da Região Metropolitana. Durante esses confrontos, pelo menos seis pessoas ficaram feridas e uma morreu. O aplicativo Onde Tem Tiroteio, que contabiliza em tempo real esse tipo de ocorrência, registrou pelo menos 12 episódios de violência no Rio entre as 14h desta sexta e as 14h deste sábado.

A madrugada deste sábado foi violenta na favela da Rocinha, na Zona Sul de São Paulo. Um confronto entre policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) e criminosos armados acabou com dois suspeitos baleados — um deles não resistiu aos ferimentos e morreu. Eles foram apreendidos com uma mochila com drogas e rojões, segundo a polícia. O que sobreviveu está internado e sob custódia.

Em Itaboraí, na Região Metropolitana do Rio, um policial militar foi baleado na cabeça após reagir a uma tentativa de assalto. Ele foi socorrido e levado para o Hospital Estadual Prefeito João Batista Caffaro, na mesma cidade.

Na Praça Seca, em Jacarepaguá, na Zona Oeste, uma disputa entre traficantes e milicianos terminou com três baleados. Policiais militares conduziram na manhã deste sábado uma operação nas comunidades Chacrinha e Bateu Mouche, onde os intensos tiroteios foram registrados. Segundo a Polícia Militar, dois homens baleados nesses confrontos deram entrada na Unidade de Pronto Atendimento da Taquara. Na manhã deste sábado, uma mulher também foi ferida e levada para a mesma unidade de saúde.

Ainda na madrugada deste sábado, um homem foi baleado na cabeça ao ser assaltado na Avenida Brasil, na altura de Bangu, na Zona Oeste. Ele foi levado para o Hospital Municipal Albert Schweitzer, em Realengo, também na Zona Oeste.

(Com Estadão Conteúdo)

 

 

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. news da hora

    Chegou a hora de instituições formar forças tarefas para combater o crime organizado com inteligência . Ministério público , Polícia Federal , Forças armadas … , partir pra cima deles , enquanto é tempo . Pois o crime organizado se espalhou por todo o Brasil graças as irresponsabilidades dos desgovernos Lula e Dilma .

    Curtir

  2. news da hora

    Mas , essas forças tarefas tem tudo para dar certo . Até porque estamos vivendo um momento de inovações tecnológicas . E todos esses aparatos tem que ser usados por forças especiais e treinadas , para combater estes meliantes perigosos .

    Curtir

  3. news da hora

    Não é novidade para ninguém , que Lula e Dilma abriram as fronteiras para os amigos bolivarianos Evo , Chaves , Maduro , Farcs e cias , trazer drogas e armas de guerra para o nosso Brasil .

    Curtir

  4. news da hora

    O judiciário tem que também apresentar uma proposta , para aumentar as penas dos criminosos que portarem armas de guerra e explosivos ( 15 anos no mínimo em regime fechado ) , e 20 anos e regime fechado para aqueles marginais que forem considerados de facções . Por cada crime que cometerem .

    Curtir

  5. news da hora

    O judiciário precisa fiscalizar com urgência , os juízes que soltam chefes de quadrilhas . No Rio de Janeiro isto já virou um fato normal . Vários exemplos foram mostrados pela imprensa .

    Curtir

  6. Cristian STS

    Solução existe…
    Estado de exceção….
    Choro, suor e ranger de dentes serão
    Necessários….
    22:00 todos em casa…
    Ações de polícia à qualquer hora em qualquer lugar…
    Fim de regalias a presos…
    Punição extrema a casos de corripção…
    Pena de morte…
    Prisão perpétua…
    Restrição à mídia…
    Direitos humanos aos humanos…
    Isso por 3 anos…
    Pronto!
    Simples assim……!

    Curtir