Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cidade de Deus tem tiroteio um dia após confronto com mortes

Um dia depois do confronto entre policiais e criminosos que deixaram 3 mortos na região, local tem tiroteio e Linha Amarela é interditada novamente

Um dia após o confronto entre policiais e criminosos, que deixou pelo menos três mortos nesta quarta-feira (31), na Cidade de Deus, bairro da Zona Oeste do Rio de Janeiro, moradores da região voltaram a relatar tiroteios no local na manhã desta quinta-feira (1). Segundo a Central de Operações da prefeitura da cidade, a Linha Amarela, uma das principais vias expressas da capital, foi novamente interditada por volta das 8h20 e reaberta, nos dois sentidos, às 9 horas.

O policiamento na região está reforçado deste quarta-feira. Segundo o comando da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), um dos mortos no conflito de quarta-feira era Rodolfo Pereira da Silva, conhecido como Rodolfinho, identificado como o segundo na hierarquia do tráfico na Cidade de Deus.

Devido ao confronto de ontem, a Linha Amarela chegou a ser interditada três vezes. No fim da manhã, a via expressa ficou fechada por duas horas nos dois sentidos. Em poucos minutos, centenas de carros e ônibus ficaram encurralados nas pistas. Por medo, muitos motoristas começaram a abandonar os seus veículos, enquanto outros tentavam voltar na contramão.

O secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro, Roberto Sá, disse que o Rio passa por um momento muito delicado e que situações como a que acontece na Linha Amarela são uma resposta do tráfico de drogas à ação da polícia. “É lamentável mais uma vez perceber que uma via importante como a Linha Amarela foi fechada devido a uma situação de violência. Mas isso aconteceu em razão de a polícia estar ali trabalhando para tentar evitar delitos contra a nossa sociedade”, disse Sá.