Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Professor é humilhado por alunos em escola no interior do Rio; veja vídeo

Imagens foram gravadas por aluno, enquanto seus colegas amassam provas e quebraram o quadro negro da sala de aula

Um vídeo que circula pelas redes sociais mostra o professor Thiago dos Santos Conceição sendo humilhado e agredido em uma sala de aula no Ciep Municipal Mestre Marçal, em Rio das Ostras, no interior do Rio de Janeiro, na última terça-feira.

A filmagem, de pouco mais de três minutos, mostra alunos ofendendo o professor durante a aplicação de uma prova. “Vai matar o professor, cara? Faz isso não. O cara te dá aula, o cara é maneiro”, diz um dos adolescentes envolvidos no episódio. “O cara nunca mais vai dar (aula)”, rebate outro aluno.

Esse mesmo aluno, que não foi identificado, aparece em outro trecho do vídeo arremessando uma pochete contra o professor, que escrevia uma mensagem na lousa. Thiago questiona o jovem se a intenção era acertá-lo, e outro adolescente responde: “Pera aí que agora vai acertar”.

O aluno que arremessou o objeto contra o docente ainda amassou sua prova na frente de Thiago, além de ter tentado destruir as provas de outros colegas. Em um momento do vídeo, ele mastiga um pedaço da prova. “Aí, professor, acabou a prova”, debocha um dos jovens.

Um terceiro adolescente é visto no vídeo quebrando o quadro negro da sala de aula, enquanto é incentivado por seus companheiros de classe.

Segundo nota da Secretaria de Comunicação de Rio das Ostras, o professor relatou o ocorrido e pediu transferência de turma, manifestando o desejo de continuar na escola. Diz, ainda, que foram tomadas as “medidas disciplinares cabíveis, todas de acordo com a legislação federal e o regimento escolar”.

Leia a íntegra do documento abaixo:

A Prefeitura de Rio das Ostras informa que a nova administração municipal, empossada há dois meses, tem priorizado a Educação e tentado sanar os problemas encontrados nessa área. A Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Lazer só foi informada da ocorrência no dia 18, quando o professor relatou o fato e requereu mudança de turma, porém, manifestando o desejo de continuar na escola. O professor foi orientado a registrar os fatos na Ouvidoria, sendo atendido pela Subsecretária de Educação. A Secretaria tomou as providências cabíveis e o professor foi informado sobre seu remanejamento de turma e a intervenção que seria feita na unidade escolar com os alunos. Além disso, será ofertado orientação jurídica e apoio psicológico ao professor. 

Quanto aos alunos, foram tomadas as medidas disciplinares cabíveis, todas de acordo com a legislação federal e o regimento escolar. A Secretaria informa, ainda, que está implantando na Rede Municipal de Ensino o Projeto de Mediação de Conflito no Ambiente Escolar, formado por Equipe Multidisciplinar composta por psicólogo, assistente social e orientador educacional. O objetivo é dar suporte às unidades escolares e aos seus profissionais.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Marco Antonio Martins

    Isto é o legado de Paulo Freire.

    Curtir

  2. Democrata Cristão (Liberdade de Expressão é meu direito CF 88 art 5 e art 220)

    Graças a esquerda com seu ECA e método Paulo Freire. Vamos mudar, gente. Bolsonaro 17

    Curtir

  3. Nenhuma surpresa nesse video, isso se chama Brasil! Um buraco sem valores, sem lei, sem punicao, sem ordem!

    Curtir

  4. Claudio Malagrino

    Medida disciplinar coisa alguma! Parabéns aos envolvidos na promoção da “educação crítica”, que hoje forma futuros marginais. E se o professor encostar um dedo nesses vagabundos tem sua carreira destruída.

    Curtir

  5. José Oscar S. Lopes

    São esses os que carregam hoje e carregarão amanhã, as bandeiras vermelhas dos que pisam em suas cabeças. São esses as massas de manobra dos espertalhões populistas e os que choram dizendo que são perseguidos e hostilizados. São esses, os que estarão nos bancos das praças amargando as suas desgraças. Lamentável! Pobres ignorantes!

    Curtir

  6. comunismo.PT.PSOL.MST.MTST.15 anos de decadencia. um museu incendiado. prorpiedade privada invadida. policia desmoralizada. professores desmoralizados. dorgas. é isso que queremos?!?!?

    Curtir

  7. Deus do Novo Mundo

    Sou aluno do Ensino Médio em escola pública e também presencio esses problemas com meus professores. Alunos faltam com desrespeito, bagunçam, e ainda dizem “a professor, por que você veio?”. Sei que você aí, aluno de escola pública que está lendo esse comentário também deve passar por isso. Vamos mudar isso juntos! Cada um de vocês não importa o lugar onde estejam gravem, filmem (nem que seja apenas áudio) seus professores com esses problemas.

    Curtir