Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Poliomielite: 70 anos após criação da vacina, cobertura despenca no Brasil

Índice de vacinação caiu de 96% para 72% em 10 anos; meta do Ministério da Saúde é imunizar 95% das crianças

Por Bruno Caniato 28 mar 2023, 12h38

Há exatos 70 anos, o virologista norte-americano Jonas Salk iniciava os testes da primeira vacina do mundo contra a poliomielite. À época, a doença causava cerca de meio milhão de mortes ou paralisias permanentes em todo o mundo, e o imunizante foi o primeiro passo para que, décadas depois, dezenas de países atingissem o estágio de erradicação do vírus — entre eles, o Brasil, que não registra novas infecções do tipo desde 1989.

Sete décadas depois, contudo, o risco de novos casos de pólio volta a pairar sobre os brasileiros, em razão da queda brusca na imunização registrada nos últimos anos. Entre 2012 e 2022, a cobertura vacinal contra a paralisia infantil despencou de 96% para 72% em todo o território nacional, muito abaixo da atual meta de 95% estabelecida pelo Ministério da Saúde.

A ministra da Saúde, Nísia Trindade, já assumiu publicamente o compromisso de enfrentamento às fake news, fenômeno ao qual atribui a baixa adesão à vacinação, citando falsos relatos que circulam nas redes sociais sobre crianças que teriam adoecido após a imunização. A preocupação não se resume ao Brasil — no ano passado, o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom, lamentou que a poliomielite ainda seja endêmica no Paquistão e Afeganistão e alertou que, caso as barreiras à cobertura vacinal persistam, o mundo vive um perigo real de novo surto da doença.


Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.