Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Polícia do Rio faz operações nos morros do Vidigal e da Rocinha

A polícia voltou aos morros cariocas dominados pelo tráfico na manhã desta terça-feira (19)

Batalhões do Comando de Operações Especiais da Polícia Militar (PM) do Rio de Janeiro realizam nesta terça-feira (19), operações em diferentes favelas da capital. Entre elas está a Rocinha, onde grupos disputam o controle do tráfico de drogas desde o fim de semana.

Policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) atuam na Rocinha e no Vidigal, favelas vizinhas que ficam entre os bairros de São Conrado, do Leblon e da Gávea, na zona sul do Rio.

Na operação da segunda-feira (18), três pessoas foram presas e duas granadas foram apreendidas na Rocinha. Segundo a PM, três suspeitos foram mortos.

Também há registro de que três moradores se feriram no tiroteio e precisaram ser encaminhados aos hospitais Miguel Couto e Lourenço Jorge. A PM encontrou ainda dois corpos carbonizados, que foram recolhidos pela Divisão de Homicídios da Polícia Civil.

Assista ao vídeo feito por um morador da Rocinha no momento do fogo cruzado:

Reforço Policial

Além da Rocinha e do Vidigal, a PM atua em mais quatro favelas na manhã de hoje. O Batalhão de Operação com Cães (BAC) está à frente da operação nos morros Chapéu Mangueira e Babilônia, no Leme, onde já foi apreendido um fuzil, uma pistola e uma mochila contendo drogas ilícitas.

Durante as ações da polícia, um homem foi ferido e encaminhado ao Hospital Municipal Miguel Couto. O Batalhão de Choque atua na terceira frente nas comunidades de São Carlos, no centro do Rio, e no Morro ds Macacos, na Zona Norte. Segundo informações da polícia, as operações realizadas nesses locais são desdobramentos da ação anterior, ocorrida na segunda-feira.

(Com Agência Brasil)