Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Pane em ar-condicionado causa fogo e destruição de cinco andares em prédio residencial na zona norte do Rio

Por Leo Pinheiro, do Rio de Janeiro 24 Maio 2011, 20h02

Um problema em um aparelho de ar-condicionado é apontado pelo Corpo de Bombeiros como a causa do incêndio que destruiu apartamentos em cinco andares de um edifício na zona norte do Rio, na tarde desta terça-feira. O aparelho, em uma residência do oitavo andar, pegou fogo e as chamas chegaram aos andares inferiores por causa da caixa plástica que revestia o equipamento, que derreteu.

O incêndio começou por volta das 1630 no edifício 407 da Rua Hadock Lobo, na Tijuca. O apartamento onde as chamas começaram foi o 804, em um bloco recuado e, portanto, de difícil acesso para os bombeiros. Cerca de 80 homens e quase 20 carros de quatro unidades dos bombeiros atuaram no combate às chamas.

Não houve registro de feridos em estado grave, mas 15 pessoas precisaram de atendimento médico por terem inalado fumaça. Uma mulher de 86 anos precisou ser levada para um hospital.

A interdição da rua, uma das principais do bairro, provocou um engarrafamento que tem reflexos em várias áreas da zona norte, no horário de volta para casa.

Continua após a publicidade

Publicidade