Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Juiz que soltou Lula pede reforço na segurança para evitar tumultos

Magistrado Danilo Pereira Júnior acatou pedido de soltura da defesa do ex-presidente

Na decisão que ordenou a libertação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o juiz da 12ª Vara Criminal de Curitiba Danilo Pereira Júnior pediu para a defesa e as autoridades reforcem a segurança para “evitar situações de tumulto e risco à segurança pública”.

O magistrado atendeu ao pedido da defesa do ex-presidente e determinou que ele seja solto. Com a decisão, Lula deixará a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba após 580 dias preso.

O alvará de soltura de Lula se baseou na decisão tomada na quinta-feira 7 pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que proibiu prisões de réus condenados em segunda instância para cumprir pena.

O petista cumpria pena no processo da Operação Lava Jato referente ao tríplex do Guarujá (SP), no qual foi condenado a 8 anos, 10 meses e 20 dias de prisão pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). A decisão de Pereira Jr foi assinada às 16h15 e o alvará de soltura expedido às 16h21.