Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Incêndio na Espanha ‘não progrediu, mas não está sob controle’, diz ministro

O incêndio declarado no domingo na fronteira entre Espanha e França “não progrediu, mas não está sob controle”, disse nesta segunda-feira o ministro do Interior catalão, Felipe Puig, enquanto os bombeiros combatem o fogo com apoio de hidroaviões franceses e espanhóis.

O corpo dos Agentes rurais calculou que “o perímetro do incêndio é, aproximadamente, de 63 km, e que teria afetado uma superfície de 13.000 hectares de 17 municípios”, em um comunicado divulgado pelos bombeiros da Generalitat.

Ao ser perguntado sobre as possíveis causas dos incêndios em La Junquera e em Port Bou declarados na véspera, Puig o atribuiu a “uma guimba ou a um pequeno artefato” que provocou o fogo, embora tenha ressaltado que “provavelmente os dois incêndios devem-se a imprudências ou negligências”.

“Até o momento, ocorreram quatro mortes, a última corresponde a um homem de 64 anos de nacionalidade francesa que se encontrava internado em estado muito crítico no Hospital del Vall d’Hebron” de Barcelona, informou um comunicado do ministério da Saúde.

Outros três franceses morreram no domingo, um pai e sua filha de 15 anos que tentavam fugir das chamas saltando ao mar em Por Bou, e um homem de 75 anos que morreu de um ataque cardíaco quando viu a ameaça das chamas em sua casa.