Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Funcionários ‘invadem’ museu para tentar salvar parte do acervo

Segundo relatos, de 30 a 40 servidores, inclusive aposentados, entraram no imóvel durante o incêndio, que começou na noite de domingo

Um grupo de funcionários do Museu Nacional entrou no prédio em chamas, na noite de domingo 2, para tentar salvar o que fosse possível do acervo de 20 milhões de itens. Segundo relatos, de 30 a 40 servidores, inclusive aposentados, entraram no imóvel durante o incêndio, que começou às 19h30.

Os funcionários se deslocaram até o museu, no Rio, ao saber do incêndio pelas redes sociais, disse o biólogo Paulo Buckup. Ele conseguiu salvar “alguns milhares” de exemplares de moluscos descritos por pesquisadores dos séculos 19, 20 e 21. O biólogo ficou das 20h30 até 22h na parte de trás do prédio, até que foi retirado por bombeiros.

Veja abaixo fotos de funcionários e pesquisadores tentando salvar objetos e documentos e outras imagens:

“Os funcionários foram heróis. Estávamos pensando nos nossos ancestrais pesquisadores. O que salvamos vai permitir a continuidade de pesquisas de colegas. Na hora só pensei que ali estavam a minha vida e também a vida de colegas. Consegui tirar alguns milhares de animais, mas nada perto do que queimou”, lamentou Buckup, que pesquisa a evolução de peixes. O material de trabalho do biólogo não estava no prédio.

(Com Estadão Conteúdo)