Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Equipes buscam homem que caiu de cruzeiro em Santos

Passageiro caiu do 11º andar da embarcação, que partia em roteiro de Carnaval; Capitania dos Portos abrirá inquérito para determinar as razões do acidente

Por Luciano Bottini Filho 10 fev 2013, 14h24

Equipes de resgate no Porto de Santos, no litoral de São Paulo, buscam um homem que caiu do 11º andar do navio MSC Fantasia por volta das 19 horas da noite deste sábado. A operação, realizada por uma embarcação do Corpo de Bombeiros e outra da Capitania dos Portos, foi suspensa durante a noite e retomada na manhã deste domingo. Três bombeiros mergulhadores fazem uma varredura na superfície do mar na região dos armazéns do cais de Santos, onde a embarcação estava atracada.

Segundo a Capitania dos Portos, a causa da queda do passageiro Luciano de Lucca ainda não foi identificada. A Polícia Federal fez uma perícia e isolou a área. De acordo com informações enviadas pelo comandante do navio, um tripulante percebeu que um homem caiu do lado esquerdo da embarcação. Imediatamente, um salva-vidas foi lançado e um bote de resgate desceu da embarcação para procurar o passageiro, sem sucesso.

O navio da MSC foi liberado pela PF após a perícia na madrugada de domingo. A embarcação partia no momento do acidente, em um cruzeiro de Carnaval em direção a Búzios (RJ), Salvador (BA) e Ilha Grande (RJ). A Capitania dos Portos abrirá inquérito para determinar as razões do acidente com prazo de 90 dias.

As buscas pelo passageiro continuarão até o anoitecer, segundo o tenente do Corpo de Bombeiros Rommey Mesquita. Para ele, devido à altura da queda, é difícil que a vítima seja encontrada com vida.

Histórico – Esse é o segundo acidente envolvendo o MSC Fantasia em dois meses. Um empresário de 52 anos morreu em dezembro depois de uma queda dentro da embarcação. De acordo com a empresa, o navio é um dos maiores cruzeiros construídos, com altura de 66,8 metros e comprimento de 333,3 metros. Comporta 1.332 tripulantes e 3.274 passageiros.

Em nota, a MSC Cruzeiros “informa que está prestando todo apoio possível à família da vítima e continua acompanhando e colaborando com as autoridades competentes para as investigações desse acidente. O navio sofreu atraso em sua partida, mas já segue seu roteiro normalmente”.

Continua após a publicidade

Publicidade