Clique e assine a partir de 9,90/mês

Em Joinville, 70% das exportações são industrializadas

Cidade tem 1.600 indústrias e um PIB de 18,4 bilhões de reais. Quase 70% das exportações de Joinville são de equipamentos industriais, como bombas de ar e peças para motores. O índice de analfabetismo não chega a 2%

Por Gabriel Castro, de Joinville - 8 May 2014, 09h34

A Expedição VEJA está em Joinville para conhecer os bons exemplos da maior economia de Santa Catarina. Atualmente, a cidade tem 1.600 indústrias e um PIB (Produto Interno Bruto) de 18,4 bilhões de reais. Quase 70% das exportações de Joinville são de equipamentos industriais, como bombas de ar e peças para motores.

O índice de analfabetismo não chega a 2%. Nesta quinta-feira, o ônibus da Expedição VEJA passará a manhã no centro empresarial Perini Business Park e a tarde na Praça da Bandeira.

Infográfico: A Expedição VEJA, quilômetro a quilômetro

História de sucesso – A história de Joinville é simbólica porque mostra, desde o início, a força do empreendedorismo. O progresso do município, que tem o 21º maior Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) do Brasil, deve muito ao sistema de gestão implementado no local: se o debate sobre concessões à iniciativa privada ainda hoje é acirrado no país, foi esse modelo que deu a Joinville, ainda no século XIX, uma vantagem significativa na comparação com outras cidades.

Continua após a publicidade

As terras onde Joinville foi construída foram concedidas como dote ao príncipe François Ferdinand Orleans pelo seu casamento com a princesa Francisca de Bragança, irmã de Dom Pedro I, em 1843. Mas, seis anos depois, o príncipe (que nunca morou no Brasil) optou pela concessão da área ao senador alemão Christian Mathias Schroeder, interessado em explorar as terras da região. A Sociedade Colonizadora de Hamburgo, então, se encarregou de administrar o lote de 650.000 hectares.

O modelo de colonização atraiu 17.000 imigrantes (principalmente alemães) na segunda metade do século XIX, o que forjou o perfil industrial e empreendedor da cidade. A formação de Joinville se deu apesar da falta de intervenção do poder público na montagem e administração da colônia em seus anos iniciais. Ou, talvez, por causa dela.

Tem algo a dizer sobre Joinville? Converse conosco pelas redes sociais por meio da hashtag #expedicaoveja.

Expedição Veja: ajude a revelar o Brasil que dá certo

O roteiro da expedição
Datas* Cidades
6/5 Jundiaí/SP
8/5 Joinville/SC
10/5 Não-me-toque/RS
13/5 Três Lagoas/MS
16/5 Sorriso/MT
20/5 Luis Eduardo Magalhães/BA
24/5 São Gonçalo do Amarante/CE
27/5 Petrolina/PE
31/5 Sete Lagoas/MG
2/6 Porto Real/RJ
4/6 São José dos Campos/SP
Publicidade