Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Defesa nega que Delúbio ficou com parte do “mensalão”

Por Da Redação
3 ago 2012, 17h37

Por Eduardo Bresciani

Brasília – O advogado de Delúbio Soares, Arnaldo Malheiros Filho, negou nesta sexta-feira que seu cliente tenha ficado com parte dos recursos do esquema conhecido como “mensalão” e criticou o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, por incluir em sua sustentação oral essa acusação, sem que ela estivesse incluída antes nos autos.

“Isso é absurdo, não está na denúncia e não pode ser considerada pelo tribunal. Ele falou que o Delúbio se locupletou. Não é verdade. É notória a simplicidade da vida do Delúbio. Não conheço ninguém que tenha roubado e more na casa da sogra”, afirmou o advogado Arnaldo Malheiros Filho.

Em sua sustentação oral, o procurador disse que Delúbio teria ficado com parte do recurso. “A ação de Delúbio Soares como integrante do grupo criminoso não se limitou a indicar o destinatário final das propinas, mas se beneficiou”, disse Gurgel. “Ele não hesitou em locupletar-se com o esquema”, concluiu.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.