Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Defesa disponibiliza passaporte de Joesley e quer ser ouvida

Rodrigo Janot enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) pedido de prisão do empresário e dono do grupo J&F, e seu executivo

Por Da redação
Atualizado em 9 set 2017, 11h43 - Publicado em 9 set 2017, 09h37

Os advogados de defesa de Joesley Batista e Ricardo Saud, respectivamente dono e executivo do grupo J&F, entregaram os seus passaportes às autoridades, o que impede, agora, que os dois deixem o país, segundo reportagem da Rede Globo. Batista e Saud tiveram a prisão solicitada na noite desta sexta-feira pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF), o pedido de prisão precisa ser analisado pelo ministro Luiz Edson Fachin, relator da Lava Jato na Corte. Janot também pediu a detenção do ex-procurador da República Marcello Miller. A solicitação está sob sigilo – nem a PGR nem o STF confirmam que ela foi feita.

De acordo com a mesma reportagem da Globo, a defesa de Joesley e Saud pede para ser ouvida por Fachin antes da decisão do ministro. O advogado Pierpaolo Cruz Bottini afirma que, já que não há mais segredo a respeito do pedido de prisão, seja dada à defesa a chance de conhecer os fundamentos da solicitação e contra-argumentar. Para justificar o pedido de ser ouvida previamente a uma decisão, a defesa cita um artigo do Código de Processo Penal que diz que, se o caso não for de urgência ou de perigo de ineficácia da medida, o juiz deve intimar o alvo de uma medida cautelar (como pedido de prisão), acompanhada de uma cópia do requerimento e das peças necessárias.

Continua após a publicidade

“Caso tal notícia seja verdadeira, uma vez que o pleito tornou-se público, não se justifica mais a imposição de um contraditório diferido, sendo de rigor a observância do art. 282 do CPP 1. Dessa forma, em prol do contraditório e da ampla defesa, requer-se a intimação dos peticionários, bem como a cópia do requerimento e das peças necessárias, para manifestação, consoante o texto legal mencionados”, pede a defesa de Joesley Batista e Ricardo Saud, afirmando que os clientes estão dispostos a cumprir a lei.

“Caso haja qualquer dúvida sobre a intenção dos Peticionários em submeterem-se à lei penal, ambos desde já deixam à disposição seus passaportes, aproveitando para informar que se colocam à disposição para comparecerem a todos os atos processuais para prestar esclarecimentos, da mesma forma com que têm colaborado com a Justiça até o presente momento”, afirma ainda Pierpaolo Cruz Bottini.

Se o relator da Lava Jato acatar o pedido de Janot, o acordo de delação premiada firmado entre a J&F e a PGR, que previa imunidade ao empresário e seu executivo, perde validade. Essa possibilidade é prevista no acordo: ele deixa de valer se o colaborador mentir, omitir, sonegar ou destruir provas.

Continua após a publicidade

Já as provas apresentadas devem continuar de pé. É assim que pensam ao menos três ministros do STF.

(Com informações do Estadão Conteúdo)

 

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.