Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Candidatos a prefeito do Rio perdem para Nina e Carminha

Debate da Band teve audiência média de um ponto no Ibope, com pico de três

Por Thiago Prado Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO 3 ago 2012, 01h21

No momento em que Rodrigo Maia se esforçava para sair de seu tom monocórdico para fazer sua primeira pergunta a Marcelo Freixo, sobre milícias, o pau quebrava na Globo: Max (Marcelo Novaes) agarrava Nina (Débora Falabella) pelo braço, jogava a moça em um carro e dizia: “Vou te levar de volta para o lixão!”

O inimigo a ser batido nos próximos debates entre os candidatos a prefeito do Rio não estará no estúdio. Na noite desta quinta-feira, Eduardo Paes, Marcelo Freixo, Otávio Leite, Rodrigo Maia e Aspásia Camargo se esforçaram, mas sofreram na mão de Nina e Carminha, em ‘Avenida Brasil’. O debate promovido pela Band teve média de audiência de um ponto, com pico de três pontos – segundo as prévias do Ibope. A Band já obteve, nesse horário, com o programa do humorista Danilo Gentili, até seis pontos de audiência. ‘Avenida Brasil’ não costuma ficar abaixo de 40, com recorde de 46 no Ibope.

É mesmo difícil concorrer com a ficção. No momento em que Rodrigo Maia se esforçava para sair de seu tom monocórdico para fazer a primeira pergunta a Marcelo Freixo, sobre milícias, o pau quebrava na Globo: Max (Marcelo Novaes) agarrava Nina (Débora Falabella) pelo braço, jogava a moça em um carro e dizia: “Vou te levar de volta para o lixão!”

Continua após a publicidade

Leia mais: Candidatos de oposição abrem caminho para Freixo atacar Paes em debate

Tom amistoso – O eleitor que preferiu o debate viu algo bem mais cordial: Paes, provocado, dava respostas pensadas, sem se exaltar. Os demais, elogiavam-se repetidamente, quase melosamente. Só Marcelo Freixo engrossou a voz, mas como teve poucas chances de falar diretamente ao prefeito, não foi preciso tirar as crianças da sala. Se elas, as crianças, ficaram diante da TV, certamente embarcaram em um sono tranquilo.

Em uma luta sem perdedores, mas também sem um grande vencedor, todos saíram-se bem. Alguns, superando dificuldades a mais. Aspásia, do PV, foi acompanhada por uma conjuntivite – mas, de casa, o público não notou. Ponto para a simpática deputada verde. O outro acompanhante foi Alfredo Sirkis.

Continua após a publicidade

Eduardo Paes evitou os caciques do PMDB e deu preferência a aliados mais jovens, como os ex-secretários Pedro Paulo e Rodrigo Bethlem. Rodrigo Maia levou sua vice, Clarissa Garotinho, do PR. Otávio Leite foi escoltado pelo deputado estadual tucano Luís Paulo Corrêa da Rocha.

Na hora de se despedir, Eduardo Paes foi sensato: lembrou que, já depois da meia-noite, quem estava acordado precisaria trabalhar no dia seguinte. Melhor seria se todos tivessem pedido desculpas por desperdiçar a chance de efetivamente debater. Otávio Leite valorizou sua história no Legislativo e no Executivo. Rodrigo Maia exaltou o fato de estar há 14 anos morando em… Brasília. Freixo pediu votos para os candidatos a vereador do PSOL e voltou a alfinetar Eduardo Paes, que já circulou por várias siglas. Foi também o único que citou seu vice, o músico Marcelo Yuka, e tentou emplacar uma marca de campanha, a “primavera carioca”. Aspásia Camargo disse orgulhar-se de ser a única mulher no debate e, claro, reforçou a importância de trabalhar por uma “cidade verde”.

Ninguém lembrou que a pobre Nina estava em perigo no lixão. E os cinco perderam a novela.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.